Homem é preso suspeito de maltratar gatos e vender animais silvestres na Zona Oeste

Os animais foram levados para a ONG Golias, em Sepetiba, onde receberão tratamento veterinário

Por O Dia

Os animais regatados foram levados para a ONG Golias, onde receberão tratamento veterinário
Os animais regatados foram levados para a ONG Golias, onde receberão tratamento veterinário -
Rio - Um homem, que não teve a identidade revelada, foi preso na manhã da sexta-feira por suspeita de maltratar gatos e comercializar animais silvestres.
De acordo com o presidente da comissão de defesa dos animais, vereador Luiz Carlos Ramos Filho, e as equipes da subsecretaria municipal de bem-estar animal (Subem) e da delegacia de proteção ao meio ambiente (Dpma) voltavam de uma operação e, quando passavam pela Rua Maetinga, em Inhoaiba, na Zona Oeste, viram um homem batendo num gato.
 “Os vizinhos nos contaram que o homem vendia pássaros, jabutis e também cobras. Maltratar animal e comercializar animais silvestres são crimes“, diz Ramos Filho.
No local também foram encontrados jabutis presos em gaiolas - Subsecretaria municipal de bem-estar animal / Divulgação
Os animais foram levados para a ONG Golias, em Sepetiba, onde receberão tratamento veterinário.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Os animais regatados foram levados para a ONG Golias, onde receberão tratamento veterinário Subsecretaria municipal de bem-estar animal / Divulgação
No local também foram encontrados jabutis presos em gaiolas Subsecretaria municipal de bem-estar animal / Divulgação

Comentários