Cerca de 350 mil pessoas curtem blocos de Carnaval ao longo deste sábado

Blocos dão o pontapé inicial com o pré-Carnaval do Rio

Por Gabriel Sobreira

O bloco Simpatia É Quase Amor arrastou uma multidão pela orla da Zona Sul, durante a tarde de sábado
O bloco Simpatia É Quase Amor arrastou uma multidão pela orla da Zona Sul, durante a tarde de sábado -
Rio - A alegria do pré-Carnaval contagiou várias ruas da cidade, mas sem perder o tom crítico, característico do carioca. Segundo a Riotur, o Céu Na Terra, de Santa Teresa, reuniu cerca de 9 mil pessoas; já o Chora Me Liga, no Centro, arrastou 110 mil foliões. À tarde, o Simpatia É Quase Amor arrastou umamultidão pela orla de Ipanema, homenageando Beth Carvalho e Aldir Blanc e comemorando a
manutenção do horário do desfile com o samba ‘Não põe hora no meu bloco’.
De manhã cedo, a partir do Largo dos Guimarães, entre o sobe e desce das ladeiras de Santa Teresa, os foliões acordaram bem cedo
para curtir o Céu Na Terra, desde 8h, com suas fantasias para lá de criativas.
“A ideia da fantasia é uma mistura de crítica à Cedae, por causa da geosmina, mas também ao ministro da Educação (Abraham Weintraub), que escreveu ‘imprecionante’ com a letra ‘C’”, provocou o aposentado César Teixeira, de 68 anos.
Não muito distante dali, o advogado José Flávio, 40 anos, também fazia sucesso com a fantasia inspirada no coronavírus. “Essa virose aqui é só da alegria”, brincou.

Galeria de Fotos

O bloco Simpatia É Quase Amor arrastou uma multidão pela orla da Zona Sul, durante a tarde de sábado Divulgação / Riotur
Foliões do bloco Pérola da Guanabara embarcam rumo a Paquetá Alexandre Macieira/Riotur
Santa Teresa em festa fotos de Gilvan de Souza
Tapa-mamilo ganha muitas adeptas nos blocos do Rio: mais liberdade e sem nudes Gilvan de Souza / Agência O Dia
Em Santa Teresa, a piada sobre o coronavírus não podia faltar Gilvan de Souza / Agência O Dia
Outro destaque entre as fantasias das foliãs eram os adesivos nos seios. Para Marcela Farah, o adereço é uma ótima opção para curtir o bloco mais à vontade, mas sempre de olho nos acessórios: “Não quero que vire nude”, brincou. Questionada se em algum momento se
sentiu desconfortável, ela explicou: “Aqui, me sinto à vontade, mas não saio de casa assim. Venho com um body e quando chego é que abaixo”, contou.
A quase três quilômetros de distância dali, na Av. Presidente Antônio Carlos, às 9h, o Chora Me Liga, maior bloco sertanejo do país, arrastava milhares de foliões. O esquema de segurança para megablocos, com revista nos 24 pontos de acesso da Av. Presidente Antônio Carlos, resultou em foliões detidos e apreensão de garrafas, facas, canivetes e também entorpecentes. Até o fechamento desta
edição, a polícia não havia informado o número de detenções.
A Riotur divulgou que cerca de 350 mil pessoas curtiram o Carnaval de Rua neste sábado no Rio de Janeiro. Dos 57 desfiles programados, 19 terminaram até às 17h, outros 38 ainda desfilam e os números serão divulgados em um próximo balanço. 
Confira os números de blocos que saíram este sábado:

Chora Me Liga - 110mil
Céu Na Terra - 9 mil
Chove na Barra - 6 mil
Bloco Brasil - 11 mil
Blocão Tijuca - 300 pessoas
Estratégia - 11 mil
Pérola da Guanabara - 10 mil
Bloco da Caixinha - 200
Orquestra Para Crianças - 250
Minibloco - 1200
Seu Lagarto Mama - 700
Bloco do ECJG - 600
Bloco da Pracinha - 300
Turbilhão Carioca - 1600
Só o Cume Interessa - 2500
Chá da Alice - 35 mil
Simpatia É Quase Amor - 150 mil

Total: 349.650 mil pessoas
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários