Dia D contra o sarampo no Rio tem forte adesão de cariocas

Moradores do Rio superaram expectativa da prefeitura: número de doses da vacina chegou a mais de 100 mil, superior à meta de aplicação de 60 mil doses

Por RENAN SCHUINDT

Busca por doses contra o sarampo foi grande no Centro Municipal de Saúde Heitor Beltrão, na Tijuca,
Busca por doses contra o sarampo foi grande no Centro Municipal de Saúde Heitor Beltrão, na Tijuca, -

A adesão da população carioca ao Dia D Nacional da Campanha de Vacinação Contra o Sarampo, no último sábado, superou a expectativa da Prefeitura do Rio. Pouco mais de 100 mil pessoas foram vacinadas nos cerca de 360 postos espalhados pela cidade, sendo 233 unidades da rede de Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde), além de 130 postos extras. A meta era de aplicação de 60 mil doses na capital.

A data antecipou a oferta de uma dose de vacina para a população entre 15 e 29 anos. A medida foi uma decisão da secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch, com a justificativa de ser justamente essa a faixa etária mais atingida pela doença.

Na última semana, o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Kléber de Oliveira, garantiu que há grande estoque de vacinas para todo o país.

Quem ainda não foi imunizado, pode comparecer a uma das unidades de Atenção Primária, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A campanha é permanente.

A recomendação é que todas as pessoas até 59 anos compareçam a um posto de vacinação para checar o histórico vacinal e verificar se já tomaram as doses necessárias. Jovens de 15 a 29 anos devem comparecer para vacinar. A falta da caderneta não impedirá a vacinação.

"O objetivo é alcançar a população que habitualmente não procura as unidades e que deixou de tomar há 15 ou 20 anos as doses que deveriam", disse a superintendente de Vigilância em Saúde, Patrícia Guttmann.

Essa foi a segunda grande ação da pasta para reforçar a imunização. Até o momento, segundo a secretaria, já foram vacinadas 268 mil pessoas no município. O número já se aproxima do total de imunizados em todo o ano passado (309.346). Vale ressaltar que todas as crianças a partir dos 6 meses de vida devem receber a chamada dose zero.

Campanha no estado

A rede estadual também intensificou a campanha: até quinta-feira, haverá sete postos fixos, incluindo Central do Brasil e Hemorio, além de unidades móveis em Jacarepaguá (bairro da Zona Oeste do Rio) e nas cidades de Cabo Frio, Maricá e Japeri.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários