Cedae: impasse no desconto

Empresa apresentará uma nova proposta amanhã

Por O Dia

A Defensoria Pública do Rio e o governo do estado se reuniram ontem, novamente, com a Cedae para discutir descontos nas contas da população afetada pela crise da água e, mais uma vez, termina sem um ponto final. Uma nova reunião será realizada amanhã e, durante as discussões, a companhia se comprometeu a apresentar à Defensoria uma contraproposta ao acordo sugerido pelos defensores e promotores envolvidos para reparar os danos causados à população. Ao todo, foram realizadas quatro reuniões para discutir o assunto com a Cedae.

Caso a empresa cumpra o prazo, a Defensoria informa que será realizada, ainda na tarde de amanhã, uma reunião no Núcleo de Defesa do Consumidor da Defensoria (Nudecon) para dar continuidade às negociações com a companhia. Em nota, a Cedae afirma que "está empenhada em superar entraves e encontrar uma solução junto aos órgãos competentes e ao governo do estado".

Além da Defensoria, participaram das discussões de ontem o Ministério Público do Rio, a Cedae e representantes do governo do estado e da Agência Reguladora de Energia e Saneamento (Agenersa).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários