Antonio Florencio é homenageado

Presidente da Fecomércio é reconhecido pelo Clube do Empreendedor como uma principais lideranças

Por

Antonio Florencio e Luiz Cláudio Leão, durante o evento 'PJ e Café', que acontece frequentemente
Antonio Florencio e Luiz Cláudio Leão, durante o evento 'PJ e Café', que acontece frequentemente -

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ), Antonio Florencio de Queiroz Junior, foi homenageado na manhã de ontem, durante o 'PJ e Café', evento que reúne empresários e lideranças fluminenses, na Região Portuária da cidade.

Organizado pelo Clube do Empreendedor, o encontro contou ainda com uma palestra de João Gomes, diretor do Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises, que comentou dados econômicos do Rio, além de autoridades, entre elas, o secretário Estadual de Trabalho e Renda, Jorge Gonçalves da Silva (entrevista ao lado).

"Inovação também significa conectar pessoas. E esse é o objetivo dos nossos encontros. O Florencio é umas das lideranças do Rio e merece o reconhecimento devido. Ele vem trabalhando com muita dedicação, tudo para ajudar no crescimento do estado", disse Luis Cláudio Souza Leão, presidente do Clube do Empreendedor.

Melhorias no entorno

Um dos pontos abordados pelo presidente da Fecomércio-RJ foi o cenário atual do Centro. Segundo Florêncio, é preciso investir em ações específicas para que o movimento no comércio volte a crescer de forma gradativa.

"Nós temos a obrigação de defender esses interesses. O abandono do Centro também me incomoda. Queremos uma solução, mas infelizmente, não somos nós (Fecomércio-RJ) que executamos, e sim o poder público. O que podemos fazer é contribuir com dados, com informações, e trabalhar em conjunto para o ordenamento urbano, hoje tão necessário. Os eventos que estamos realizando na região são uma das formas de desenvolver e melhorar os negócios por aqui", afirmou Florencio.

Escola na Baixada

Após receber uma placa e ser reconhecido como uma peça importante para o cenário econômico do Rio, Antônio Florencio conversou com a imprensa. Ele apresentou uma novidade: um projeto encabeçado pelo Sesc - um dos braços da Fecomércio-RJ -, que prevê a construção de uma escola profissionalizante em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, ainda este ano.

"Queremos formar cidadãos. Para isso, a base precisa ser a educação. Nossa ideia é que a escola atenda filhos de comerciários, de acordo com a renda da família. Quanto menor for, maior será a chance da criança ser contemplada. Estamos em fase de negociação e a expectativa é grande", disse.

Ainda de acordo com Florencio, há uma conversa encaminhada entre a Fecomércio-RJ e os governos Federal e Estadual, para uma possível revitalização da Cobal do Leblon. "Tem que haver um entendimento entre os governos para que a gestão passe para um terceiro".

Comentários