Número de casos de violência doméstica cresceu aproximadamente 50%, segundo os dados do Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) - Marcos Santos/ USP
Número de casos de violência doméstica cresceu aproximadamente 50%, segundo os dados do Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ)Marcos Santos/ USP
Por iG
Rio - A Secretaria de Estado da Saúde do Rio lançou, nesta terça-feira, um protocolo especializado no atendimento de pessoas vítimas de violência doméstica no período da quarentena. Os profissionais de saúde do estado serão orientados sobre como auxiliar essas pessoas.
O número de casos de violência doméstica cresceu aproximadamente 50%, segundo os dados do Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ). O " Protocolo de Atendimento às Pessoas em Situação de Violência" apresenta aos profissionais da saúde os sinais de que uma pessoa é violentada, além de apresentar os tipos de medicações adequados para o tratamento dessas pessoas e as leias específicas para este tipo de agressão.
Publicidade
A iniciativa surgiu pensando no impacto direto que há no atendimento em unidades de saúde, já que são geralmente o primeiro contato da vítima com um profissional. É possível denunciar violência doméstica de forma anônima pelo Disque 180 por telefone ou virtualmente.