Brasil tem recorde de mortes por covid

Em 24 horas foram contabilizadas 1.179 vítimas fatais. Segundo Ministério da Saúde, total de óbitos é de 17.971

Por

O Brasil registrou 1.179 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas e atingiu novo recorde de óbitos. Até então, a maior marca era 881 pessoas mortas em um único dia, em 12 de maio. Foi a primeira vez que o país ultrapassou a casa de mil mortes diárias. De acordo com boletim do Ministério da Saúde, desde a chegada do novo coronavírus ao país, um total de 17.971 pessoas morreram com a doença.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, as 1.179 mortes nas últimas 24 horas não indicam efetivamente quantas pessoas morreram ou se infectaram de um dia para o outro, mas sim o número de registros que tiveram o diagnóstico de novo coronavírus confirmado nesse intervalo. A taxa da letalidade da doença está em 6,6%. O Brasil atualmente é o sexto na lista de países com mais mortes acumuladas pelo novo coronavírus e fica atrás apenas de Estados Unidos (91.570), Reino Unido (35.422), Itália (32.169), França (28.025) e Espanha (27.778).

Até ontem, quando foi divulgado o último boletim do Ministério da Saúde, o Brasil totalizava 271.628 casos confirmados de covid-19. O número faz do Brasil o terceiro lugar no ranking de países com mais casos da doença, atrás apenas dos Estados Unidos (1.525.367) e da Rússia (299.941). Há ainda 146.863 casos em acompanhamento e 106.794 pessoas recuperadas.

São Paulo segue sendo o epicentro da doença no Brasil. O estado também teve recorde de registro diário de mortes, com 324 no período de 24 horas. No total, São Paulo totaliza 5.147 óbitos pela doença. Em seguida aparece o Ceará (28.112 casos e 1.856 vítimas fatais), Rio (27.805 registros e 3.079 óbitos), Amazonas e Pernambuco. Os estados com menos ocorrências e pessoas mortas são Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Comentários