Artesãs de projetos sociais confeccionam máscaras

Na Zona Oeste, moradoras da Cidade de Deus trabalham na produção dos equipamentos

Por O Dia

Dez artesãs do Rio de Janeiro apoiadas pelo Instituto Musiva vão costurar 1.000 máscaras de tecido
Dez artesãs do Rio de Janeiro apoiadas pelo Instituto Musiva vão costurar 1.000 máscaras de tecido -

O Instituto Musiva, organização social da sociedade civil, completou 10 anos de atuação no Estado do Rio em abril. Para comemorar a data, formou um grupo produtivo composto por 10 mulheres qualificadas nos projetos socioculturais promovidos pela instituição para fabricarem, juntas, 1.000 máscaras, por semana. As peças serão fornecidas a empresas privadas, pequenos comércios e pessoas físicas, e vão custar a partir de R$ 7,50.

Moradoras de Cidade de Deus, na Zona Oeste, Del Castilho, Bonsucesso, Ramos, Complexo do Alemão, Vigário Geral e Maré estão trabalhando. A iniciativa gera renda para as participantes, beneficiando diretamente ao menos 40 pessoas de suas famílias, e também contribui para a geração de renda em suas comunidades, neste período de dificuldade financeira.

"Uma empresa entrou em contato pedindo orçamento para a produção de 5 mil máscaras estampadas, pois o intuito deles é doá-las para moradores de comunidades do Rio, e isso pode trazer dois benefícios: o primeiro é estimular a geração de renda às artesãs participantes e o segundo é contribuir para a proteção individual de milhares de moradores de favelas cariocas", informa Raquel Motta, coordenadora do Instituto Musiva, entidade que promove ações de impacto socioambiental em parceria com instituições públicas e privadas.

Ajuda bem-vinda a quem está precisando de renda

As artesãs foram qualificadas no Projeto Tecendo Arte, um curso de capacitação em moda sustentável que tem patrocínio da Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, do MetrôRio, através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (Lei do ISS), e recebe também o apoio do Instituto Invepar e do Museu de Favela, através do Projeto Negócio Sustentável - curso de capacitação em Produção Cultural, Mentoria e Incubação de projetos de base comunitária. Também são apoiadores a LAMSA e a Unisuam.

A capacidade produtiva do grupo é de 1.000 máscaras por semana e toda a renda obtida será destinada à produção coletiva, auxílio financeiro às artesãs e ações de impacto social realizadas pelo Musiva.

Comentários