Polícia prende suspeito de espancar jovem até a morte após jogo da Copa

Segundo PM, com o foragido foi apreendida uma pistola calibre 9 mm

Por O Dia

Rio - Rodrigo Guedes de Melo, conhecido como Digo Caolha, foi preso por policiais militares, na tarde desta sexta-feira (5), em Ramos, Zona Norte do Rio. O homem é um dos suspeitos de espancar o jovem Hugo Silva, de 19 anos, até a morte em julho de 2014. Ele estava há seis anos foragido da Justiça. 
De acordo com a PM, equipes das Rondas Especiais e Controle de Multidões (Recom) realizavam policiamento pela Avenida Brasil quando, na altura da passarela 13, abordaram um homem em atitude suspeita em uma motocicleta sem placa. Durante a revista, foi encontrada uma pistola calibre 9 mm com Rodrigo, ainda segundo a corporação. 
Na 21ª DP (Bonsucesso), informou a corporação, foi constatado um mandado de prisão em aberto por homicídio contra o homem.
Segundo as investigações, Hugo morreu depois de ter sido agredido com socos e pontapés porque estaria urinando em ‘local impróprio’, no dia do jogo Brasil 1 x 7 Alemanha pela Copa do Mundo. O rapaz, que era filho de um PM, começou a ser agredido por integrante da milícia, reagiu e acabou espancado pelo grupo. Depois, os agressores teriam obrigado a vítima a atravessar a Avenida Brasil para que fosse atropelada. Isso não ocorreu, e ele foi socorrido a um hospital, onde chegou morto.

Comentários