Homem de 30 anos é preso após matar a mãe espancada na Barra

De acordo com a Polícia Civil, a vítima, de 70 anos, foi assassinada com socos e chutes após uma discussão com o filho

Por Thuany Dossares

Mulher de 70 anos foi espancada até a morte pelo próprio filho em condomínio de luxo na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio
Mulher de 70 anos foi espancada até a morte pelo próprio filho em condomínio de luxo na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio -
Rio - Um homem de 30 anos foi preso em flagrante, por policiais da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), acusado de matar a própria mãe, de 70 anos, espancada, na madrugada deste domingo, num condomínio de luxo na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.
De acordo com a Polícia Militar, agentes do 31º BPM (Recreio) foram acionados durante a madrugada, para uma ocorrência de violência contra mulher, e ao chegarem no local foram informados pelo porteiro do prédio, localizado na altura do Posto 6, de que gritos foram ouvidos no apartamento da vítima, Lucia Regina Gomes Alves.
A porta do imóvel estava trancada e precisou ser arrombada pelos PMs, que ao entrarem, se depararam com a idosa ensanguentada e caída no chão. Os militares chegaram a acionar o SAMU, mas os médicos constataram que Lucia Regina já estava morta.
Agentes da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) foram até o local para realizar perícia técnica constataram que Lucia Regina foi morta com socos e chutes. Os policiais ainda apuraram que o crime aconteceu após uma discussão entre mãe e filho.
O autor do crime foi preso momentos depois, escondido em outro imóvel da família, também na Barra da Tijuca, e foi acusado de feminicídio. 

Comentários