Filho mata a mãe na Barra

Vítima tinha 70 anos e foi morta por socos e chutes. Criminoso vai responder por feminicídio

Por RENAN SCHUINDT e THUANY DOSSARES

Mulher de 70 anos foi espancada até a morte pelo próprio filho em condomínio de luxo na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio
Mulher de 70 anos foi espancada até a morte pelo próprio filho em condomínio de luxo na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio -

Um homem de 30 anos, identificado apenas como Igor, foi preso na madrugada de ontem por agentes da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC). Ele é acusado de matar a própria mãe por espancamento. O crime aconteceu na noite do último sábado, após discussão familiar. A vítima, Lucia Regina Gomes Alves, de 70 anos, foi morta a socos e chutes dentro de seu apartamento, na Barra da Tijuca. Os vizinhos e o porteiro acionaram a Polícia Militar.

Os policiais do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes) encontraram marcas de sangue na escada de serviço e na porta do apartamento. Acompanhados por uma testemunha, eles tiveram que arrombar a porta e encontraram a vítima no chão. O Samu foi acionado, mas ela não resistiu. O criminoso foi preso em flagrante, escondido em outro imóvel da família. Segundo vizinhos, a vítima estaria impedindo o filho de sair de casa por ele estar cumprindo liberdade condicional.

Comentários