Morre general do Exército que foi vice de Crivella nas eleições de 2014

José Alberto da Costa Abreu foi o responsável pela segurança da Jornada Mundial da Juventude, que teve a visita do Papa Francisco ao Rio

Por O Dia

General Abreu tinha 66 anos
General Abreu tinha 66 anos -
Rio - Morreu, na madrugada deste domingo, o general do Exército Brasileiro José Alberto da Costa Abreu, aos 66 anos. O militar foi vice na candidatura de Marcelo Crivella (Republicanos) nas eleições de 2014 para o governo do estado. Na ocasião, Crivella e o general perderam no segundo turno para Luiz Fernando Pezão (MDB) e Francisco Dornelles (Progressistas), que tiveram 55,78% dos votos válidos.
De acordo com o Comando Militar do Leste (CML), o general morreu por causa de uma parada cardiorrespiratória, em Niterói, na Região Metropolitana do estado.
Seu velório aconteceu na manhã desta segunda-feira, no Museu Aeroterrestre da Brigada de Infantaria Paraquedista, na Vila Militar, na Zona Oeste da capital. O corpo do militar será cremado no Parque da Colina, em Niterói. 
TRAJETÓRIA
O general Abreu nasceu no dia em 1º de setembro de 1953, em São Gonçalo. Aos 20 anos, ingressou na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende, no Sul Fluminense, e foi declarado Aspirante-a-Oficial da Arma de Infantaria, com 23, como o segundo colocado de sua turma. Tornou-se general em 31 de julho de 2006.
Como tenente, serviu no 27º Batalhão de Infantaria Pára-Quedista e na Companhia de Precursores Paraquedista, ambos na Vila Militar.
De 1998 a 1999, foi comandante do 28º Batalhão de Infantaria Blindada, em Campinas (SP)
Em 25 janeiro de 2012, assumiu o Comando da 1ª Divisão de Exército e Guarnição da Vila Militar, permanecendo até 11 de abril de 2014.
Foi responsável pelo esquema de segurança da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que teve a visita do Papa Francisco, em 2013, no Rio.

Comentários