Jovem é agredida e mantida em cárcere privado pela mãe e pelo padrasto em Rio Bonito

Casal foi acusado de ameaça, tortura e agressão

Por O Dia

119ªDP (Rio Bonito)
119ªDP (Rio Bonito) -
Rio - Policiais da 119ª DP (Rio Bonito) prenderam, nesta quarta-feira, um casal acusado de torturar uma jovem de 22 anos. A vítima foi resgatada pelos agentes enquanto a mãe e o padrasto tentavam fugir com ela. A prisão aconteceu em Tanguá, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

De acordo com os agentes, a investigação concluiu que o homem instigava a própria companheira a agredir a filha, de 22 anos. Eles mantinham a jovem presa e colocavam panos nas janelas, para que ninguém os visse. Além disso, no momento das agressões, ligavam o som em volume alto para os vizinhos não ouvirem.

Ainda segundo os agentes, os criminosos também ameaçavam de morte o irmão da vítima, para que ele não denunciasse o fato a polícia. A vítima sofreu lesões na cabeça e nos joelhos e está hospitalizada. Contra os dois foi cumprido mandado de prisão pelos crimes tortura qualificada, lesão corporal grave, cárcere privado e ameaça.

Comentários