PF prende sul-africano suspeito de assassinar ex-companheira a facadas em Bangu

Homem era procurado pela Interpol

Por O Dia

Homem era procurado pela Interpol
Homem era procurado pela Interpol -
Rio - A Polícia Federal (PF) prendeu, na manhã desta quinta-feira, um sul africano, de 39 anos, suspeito de ter assassinado a facadas a ex-companheira em Bangu, na Zona Oeste do Rio. Ele estava foragido desde 2016.

De acordo com a PF, o homem já havia sido preso, no Brasil, em 2013, por uso de documento falso e tentativa de suborno a equipe de Policias Federais no momento de sua prisão. Em 2014, o mandado de prisão para fins de extradição foi cumprido em 2014. Mais tarde, em 2016, ele foi posto em liberdade.
Equipes da Interpol, da Superintendência da PF no Rio, passaram, então, a fazer buscas pelo suspeito. As ações contaram com o apoio do Grupo de Pronta Intervenção (GPI) e da Polícia Federal na África do Sul. O fugitivo foi encontrado em uma comunidade de Bangu.

A extradição já foi deferida pelo Supremo Tribunal Federal e a PF irá comunicar a prisão ao Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional do Ministério da Justiça e ao Ministério das Relações Exteriores para que efetivem as tratativas objetivando a entrega do preso para as autoridades sul-africanas.

Comentários