Covid-19: Mais de 400 multas são aplicadas no Rio em 15 dias durante fiscalização de normas

Do total de infrações, 202, que representam 46%, foram aplicadas por falta do uso de máscaras

Por O Dia

Ordenamento urbano e fiscalização Sanitária
Ordenamento urbano e fiscalização Sanitária -
Rio - A Prefeitura do Rio aplicou, desde o início deste mês, 434 multas por infrações sanitárias nos primeiros quinze dias de atuação dos guardas municipais que compõem a nova frente voltada à ampliar o enfrentamento à pandemia da covid-19.
De acordo com a prefeitura, desde 5 de junho, agentes da Guarda Municipal passaram a constatar e notificar irregularidades sanitárias, como a falta do uso da máscara facial, conforme Decreto nº 47.439, de 21 de maio de 2020.
Do total de infrações, 202 (46%) foram aplicadas por falta do uso de máscaras (sendo 142 em via pública e 60 dentro de estabelecimentos comerciais); 97 (22%) em estabelecimentos e atividades não autorizados a funcionar; 74 (17%) em estabelecimentos e atividades essenciais fora das condições pré-determinadas; 52 infrações por aglomeração em estabelecimentos incluindo filas e nove casos de aglomerações em via pública. O valor da multa é R$ 107,00 reais.
"O objetivo é ampliar o raio de atuação da prefeitura permitindo maior capilaridade na fiscalização por meio dos agentes da GM-Rio, que estão diariamente patrulhando as ruas da cidade. Importante também manter o caráter de orientação da medida. Pedimos a todos que tomem cuidado, principalmente neste momento de retomada", reforça o secretário municipal de Ordem Pública e gestor do Gabinete de Crise, Gutemberg Fonseca.
 

Comentários