PF cumpre mandados no Rio contra quadrilha que alicia funcionários dos Correios para furto

Três mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão são cumpridos no município de São João de Meriti, na Baixada Fluminense e nos bairros de Inhaúma e Bonsucesso, na capital fluminense

Por O Dia

-
Rio - Policiais federais cumprem na manhã desta quarta-feira três mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão no município de São João de Meriti, na Baixada Fluminense e nos bairros de Inhaúma e Bonsucesso, na cidade do Rio. A ação visa desarticular uma associação criminosa que alicia funcionários dos Correios para furto de correspondências com cartões, a serem utilizados em fraudes. Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Federal Criminal.
Até às 11h da manhã, apenas os mandados de busca e apreensão haviam sido cumpridos.
A investigação teve origem na prisão em flagrante, em 2019, de um funcionário dos Correios e um sargento da Marinha. O funcionário entregou ao militar cerca de 300 correspondências bancárias com cartões de crédito, furtadas do setor de tratamento de objetos postais dos Correios.

Na operação desta quarta-feira foram apreendidos documentos, celulares e computadores que serão objeto de análise e perícia técnica.

As investigações conduzidas pela Delegacia de Repressão a Crimes contra o Patrimônio e Tráfico Internacional de Armas (DELEPAT) mostram que o índice de extravio de cartões nos Correios diminuiu sensivelmente após as prisões, deste e de outro apuratório.

As correspondências com cartões são chamadas de registrados ou cartão talão.

Comentários