PM precisa suturar região do saco escrotal após caso de violência doméstica em Sepetiba

Ao chegar ao Conjunto Nova Sepetiba, a equipe constatou briga entre casal em que uma das partes é policial militar lotado na 5ª UPP/4º BPM, e que o militar estava com um corte no testículo e com ferimentos no rosto e sua esposa com ferimento no rosto

Por O Dia

Upa de Sepetiba, Zona Oeste do Rio
Upa de Sepetiba, Zona Oeste do Rio -
Rio - Um PM precisou suturar a região do saco escrotal após um caso de violência doméstica em Sepetiba, Zona Oeste do Rio, na madrugada de terça-feira. A equipe da Polícia Militar foi acionada para atender uma denúncia de violência doméstica no Conjunto Nova Sepetiba, Zona Oeste do Rio.
Ao chegar ao local, a equipe constatou briga entre casal em que uma das partes é policial militar lotado na 5ª UPP/4º BPM, e que o PM estava com um corte no testículo e com ferimentos no rosto e sua esposa com ferimento no rosto.
Os dois foram levados à UPA de Sepetiba para atendimento médico, onde o PM teve que suturar a região do saco escrotal.
Em nota, a Polícia Civil informou que "de acordo com informações da DEAM Campo Grande, o caso está sendo investigado. Os agentes realizam diligências para apurar as circunstâncias do fato".

Comentários