Cãozinho invade Linha Amarela e é resgatado por agentes de tráfego

Cachorrinho foi batizado de Algodão

Por O Dia

Rio - Agentes da Linha Amarela tiveram uma missão diferente nessa terça-feira. Um simpático viralata que havia entrado na A Linha Amarela por volta das 8h10. O cãozinho foi avistado pelos operadores de tráfego Lamsa em Bonsucesso, na pista em direção à Ilha do Fundão, enquanto seguia junto à mureta divisória em busca de uma saída.

Assustado, o cachorrinho batizado de Algodão foi acompanhado pela pista pelos resgatistas André Pontes e Jamerson de Amorim. Durante a operação de resgate, eles foram auxiliados por condutores que passavam pelo local e ajudaram a conter o tráfego para facilitar os trabalhos dos dois operadores. Uma motorista também deu apoio à dupla para que salvasse Algodão.

A operação de resgate durou 35 minutos e terminou com final feliz. Para acalmar o cachorrinho, André e Jamerson o cobriram com uma toalha para retirá-lo da via em segurança. Levado para a sede da Lamsa, Algodão foi alimentado e levado para uma clínica veterinária. Em seguida, o cãozinho deverá ser encaminhado para o canil de uma ONG para adoção.

"Ele estava bem assustado, mas permitiu que queríamos ajudá-lo e deixou que nos aproximássemos. Felizmente, deu tudo certo. A operação foi um sucesso e o retiramos da via são e salvo, em total segurança para ele e para os motoristas", contou André.

"Uma operação bem-sucedida assim é sempre gratificante porque foi uma vida que salvamos, e uma das nossas missões é zelar pela segurança de todos, inclusive dos animais", completou Jamerson.

Esta não foi a primeira vez que a Lamsa organizou uma operação de resgate para retirar animais da Linha Amarela. A maior delas aconteceu em março do ano passado, quando dois cachorros foram salvos em Del Castilho. Um deles havia caído no canal do Rio Faria-Timbó, enquanto o outro tentava chamar a atenção dos motoristas.