Policial atira em motorista após desembarcar de van em Bonsucesso, Zona Norte do Rio - Reprodução
Policial atira em motorista após desembarcar de van em Bonsucesso, Zona Norte do RioReprodução
Por O Dia
Publicado 09/09/2020 08:50 | Atualizado 09/09/2020 10:05
Rio - Uma policial militar atirou contra o motorista de uma van na noite de terça-feira, em Bonsucesso, Zona Norte do Rio. A militar discutiu com Juadson Luz Almeida, de 32 anos, enquanto seguia para a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), em Bonsucesso, onde assumiria o serviço noturno.
Ao desembarcar do veículo, os dois tiveram um novo atrito. Segundo testemunhas, o motorista desceu do veículo para tirar satisfação e a policial atirou contra ele. Juadson foi socorrido ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, Zona Norte do Rio. A direção do Hospital Estadual Getúlio Vargas (HEGV) informa que o paciente Juadson Luz Almeida deu entrada às 19h15 de ontem (08) na unidade, recebeu atendimento na sala de trauma e teve alta hospitalar.


De acordo com o Corpo de Bombeiros, o quartel da Penha foi acionado para uma ocorrência de disparo de arma de fogo às 18h45, na Avenida Itaoca, 1465, em Bonsucesso. 
Publicidade
A militar alegou à Polícia que disparou como forma de defesa, depois do desentendimento entre ela e o motorista da van. "No desembarque, ocorreu um atrito verbal entre eles. Após a saída da policial, o motorista desceu do veículo indo na direção dela. Temendo pela sua integridade física, a policial fez um disparo defensivo, que veio a feri-lo", diz a PM em nota.

A ocorrência foi registrada na 44ª DP e, em paralelo, a CPP ouviu a policial e instaurou um procedimento interno para averiguar o fato. A militar é lotada na UPP Fazendinha, no Complexo do Alemão.
Uma testemunha que estava na van disse, em entrevista ao jornal Voz das Comunidades, que a policial discutiu e xingou o motorista dentro do veículo. "Eu estava no celular e de repente a mulher começou a discutir com ele, xingando de tudo quanto é nome. Aí, ele não gostou. Quando ela desceu (da van), deu o dinheiro a ele na maior força, saiu e continuou xingando. Ele saiu para tomar satisfação e ela atirou nele", relata.