Polícia prende homem que agrediu a filha por não aceitar sua orientação sexual

Agressor foi preso em Guaratiba, na Zona Oeste. Vítima foi agredida com tapas no rosto e na orelha

Por O Dia

Delegacia de Atendimento a Mulher
Delegacia de Atendimento a Mulher -
Rio - Um homem, de 54 anos, foi preso, nesta quinta-feira, após agredir a própria filha no rosto e na orelha em Guaratiba, Zona Oeste do Rio. A vítima, de 29 anos, prestou queixa na delegacia e relatou que foi agredida dentro de casa pelo fato de seu pai não aceitar sua orientação sexual. 
A vítima prestou queixa na delegacia e relatou que o pai insistiu que a vítima estaria proibida de se relacionar com outras mulheres. Policiais da Delegacia de Atendimento a Mulher Oeste encontraram o agressor em Guaratiba e realizaram a prisão em flagrante pelo crime de lesão corporal, sob o comando da delegada Mônica Areal.
O agressor foi encaminhado para o sistema prisional.

Comentários