Prefeitura realiza operação contra lava a jatos irregulares em Vila Isabel e Benfica

Em menos de um mês já foram desfeitos 27 "gatos" de água e de energia elétrica

Por O Dia

Ação da Prefeitura que resultou em fechamento de Lava-Jatos irregulares
Ação da Prefeitura que resultou em fechamento de Lava-Jatos irregulares -
A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), realizou nesta sexta-feira, mais uma operação contra lava a jatos irregulares em Vila Isabel e Benfica, nas zonas Norte e Central da cidade.

Galeria de Fotos

Ação da Prefeitura que resultou em fechamento de Lava-Jatos irregulares Divulgação
Ação da Prefeitura que resultou em fechamento de Lava-Jatos irregulares Divulgação
Ação da Prefeitura que resultou em fechamento de Lava-Jatos irregulares Divulgação
Ação da Prefeitura que resultou em fechamento de Lava-Jatos irregulares Divulgação
Fiscalização da Prefeitura contra aglomerações na praça São Salvador Divulgação
Fiscalização da Prefeitura contra aglomerações na praça São Salvador Divulgação
Fiscalização da Prefeitura contra aglomerações na praça São Salvador Divulgação
Nos respectivos bairros, agentes de diversos órgãos municipais, além da Cedae e Light, estiveram nas ruas Visconde de Santa Isabel e Couto de Magalhães. Ao todo, foram desfeitas duas ligações clandestinas de água e uma de energia elétrica. Quatro veículos também foram multados por estacionamento irregular, um deles removido. Em menos de um mês, 27 “gatos” foram identificados e cortados em ações conjuntas da Seop contra a atividade irregular.
Ainda como resultado da ação desta sexta, o proprietário de um trailer de comércio ambulante foi notificado a desocupar área pública, e cinco pessoas em situação de rua foram abordadas, com três encaminhamentos para unidades de assistência social. Em um dos lava a jatos, a Comlurb recuperou três contêineres da companhia, e recolheu cerca de uma tonelada de resíduos sólidos.
Histórico
Nos dias 18 e 26/08, duas operações em Benfica identificaram 24 pontos de furtos de água e 15 de energia elétrica, e recolheram 1,6 tonelada de resíduos sólidos (como caixas d’água e outros recipientes, papelão, madeira e lonas), desobstruindo calçadas e parte de vias. Durante uma das ações, foi verificado que apenas um dos “gatos” abastecia até dez lava a jatos irregulares. Na ocasião, nove ambulantes sem autorização também foram orientados a desocupar o espaço público.
Ações contra aglomerações
Nesta semana, a Seop prossegue com as ações noturnas para combater aglomerações em toda a cidade, totalizando 11 estabelecimentos fiscalizados até agora. Na noite desta quinta-feira, 10/09, a força-tarefa visitou 10 pontos comerciais em Laranjeiras, Freguesia, Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes. Na Zona Sul, a operação aconteceu na área da Praça São Salvador, resultando em quatro ambulantes e sete estabelecimentos fiscalizados, seis deles autuados por excesso de mesas e cadeiras.
Quatro estabelecimentos também passaram por inspeção sanitária (dois intimados); e oito veículos foram multados por estacionamento irregular (seis removidos). Na Zona Oeste, ao todo, foram fiscalizados três estabelecimentos. Dois passaram por inspeção sanitária, gerando um termo de intimação e uma multa por falta de licenciamento.
Na quarta-feira à noite, um estabelecimento com denúncia de aglomeração também foi fiscalizado no Recreio dos Bandeirantes, mas nenhuma irregularidade foi constatada.

Comentários