Complexo da Penha ganha novo ponto turístico

Bar e restaurante da Vila Cruzeiro está na rota do turismo. Local tem vista para Baía de Guanabara e para Igreja Nossa Senhora da Penha

Por Aline Cavalcante

Konteiner
Konteiner -
Quem olha o estiloso espaço de entretenimento e o Cristo Redentor de led, em um dos pontos mais altos da Vila Cruzeiro, zona Norte do Rio, não imagina que há cerca de dois anos, ali havia só um terreno abandonado usado para descarte de lixo. De cara nova e com o nome de Konteiner o antigo lixão agora é um bar e restaurante. Com vista privilegiada do Complexo da Penha, da Baía de Guanabara e da Igreja Nossa Senhora da Penha, o local virou ponto turístico do Rio de Janeiro. 
"É um reconhecimento importantíssimo para nós, pois nos coloca em um patamar diferente. Nós, de comunidades, somos muito tachados e desacreditados, as pessoas sempre buscam uma justificativa pejorativa para nossas realizações. Acreditamos que isso vai sanar um pouco do preconceito e medo que alguns ainda tem em conhecer o local por ser dentro de comunidade", afirma Pedro Almeida, 28, um dos sócios do Konteiner.

Servir de inspiração para outras comunidades, é o desejo de Pedro. "Outros mirantes estão surgindo no Rio de Janeiro e em outras comunidades. Ficamos muito felizes em poder contribuir com esse crescimento ordenado e com responsabilidade".

Início de um sonho
A iniciativa de criar o Konteiner veio de quatro amigos, moradores da comunidade. Eles viviam na favela e sentiam falta de algo diferente pra poder curtir mas sem que fosse necessário sair dela pra isso. Além do bar e restaurante, os nove containers vão abrigar ainda uma loja de roupa e uma barbearia, que não foram inauguradas por conta da pandemia.

"A ideia era criar um espaço de dentro da comunidade de onde somos criados e nascidos, com a carência de entretenimento sem ser os bailes funks já existentes, pensamos em juntar nossas forças para criar dentro de um lugar de tristeza e sofrimento algo que pudesse representar ali a alegria que existe. Além disso, incentivar através do empreendedorismo, novas ideias para os jovens de comunidades", conta Pedro.

O Cristo da comunidade

Junto com a oficialização do título de ponto turístico, há dois dias, veio outra novidade: o Cristo Redentor de led. Uma ideia para trazer um dos principais pontos turístico do Rio para dentro da comunidade.
"Como um mau carioca da gema que sou, só fui conhecer o Cristo Redentor há pouco tempo, já com 28 anos. Percebi que vários conhecidos nunca foram ao Cristo também, por falta de incentivo e motivos financeiros, aí pensei em trazer essa imagem representativa para abençoar nossa comunidade", explica Pedro.

O Cristo do Konteiner é todo construído de metal com o adorno de neon led branco, inspirando a cor da paz e tranquilidade. Ele tem 7m de altura e 4m de largura.


Projeto Social

Orquestrado por Rene Silva, 26, fundador do Jornal Voz das Comunidades e um dos sócios do Konteiner, uma parte do lucro do empreendimento financia as atividades sociais na região. Aulas de zumba, passinho, boxe funcional e lutas são oferecidas gratuitamente. Outro projeto é o Cinema no Morro, que toda a primeira segunda-feira do mês exibe um filme em um telão, com tudo que uma sessão tem direito. A pipoca e o lanche estão incluídos. Em novembro, começarão cursos profissionalizantes e de educação financeira.
"Minha parte é fazer com que o Konteiner seja um espaço cultural e de transformação da realidade. Você pegar um lugar onde era um lixão e transformar em um local reconhecido como ponto turístico é mostrar que é possível fazer. Quatro jovens da comunidade estão conseguindo fazer uma revolução, levando o nome da Vila Cruzeiro e do Complexo da Penha para o mundo através das ações sociais e culturais".


Galeria de Fotos

Konteiner Divulgação
Konteiner Divulgação
Konteiner Divulgação
Konteiner Divulgação

Comentários