Fé à distância: Dia de Nossa Senhora aparecida terá missas pela internet

Padroeira do Brasil ganhará celebrações online, para evitar aglomerações. No Rio, missas presenciais seguem medidas rigorosas

Por Lucas Cardoso

Novena realizada no sábado foi também transmitida na internet
Novena realizada no sábado foi também transmitida na internet -
Rio - Sem missas presenciais, sem procissões, mas com muita fé. O Dia de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil, comemorado hoje em todo país e no Santuário Nacional de Aparecida, em São Paulo, é marcado pelo respeito às medidas de distanciamento social. A decisão visa evitar aglomerações e ajudar no combate a covid-19. Essa é a primeira vez que os romeiros e devotos de Aparecida vão acompanhar as celebrações apenas pela internet. No Rio, as missas serão presenciais, mas número de devotos será reduzido.

Galeria de Fotos

Novena realizada no sábado foi também transmitida na internet Divulgação
Novena realizada neste sábado, dia 10, também foi transmitida pela internet Divulgação
Heloísa celebrou a novena em sua casa Arquivo Pessoal / Diogo Moura


A basílica de Aparecida, que recebeu mais de 169 mil romeiros no feriado do ano passado, fechará as portas durante as missas. Apenas as áreas externas ficam liberadas e acessíveis aos peregrinos, que podem fazer suas preces. Um grupo pequeno de pessoas ligadas à Arquidiocese de Aparecida e às obras sociais de evangelização do Santuário Nacional irá representar os fiéis de todo o país no interior da basílica.
Neste ano, o tema da Festa da Padroeira escolhido foi: "Com Maria, em família, revestir-se da Palavra". Segundo o Santuário, a ideia é promover reflexões sobre a família e sua intimidade com a Palavra de Deus. A principal missa de hoje será celebrada pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes.
Mesmo de casa, os fiéis participam das celebrações enviando fotos para as redes sociais do Santuário. As publicações serão compartilhadas em momentos da transmissão ao vivo, que é feita pela Rede Aparecida de Comunicação (TV, Rádio e A12) e também nas redes sociais do Santuário Nacional (Facebook e YouTube)
Dia de Aparecida no Rio
Apesar da tristeza de não poder estar pessoalmente em Aparecida, Heloisa Mattos, 65 anos, devota desde criança da padroeira do Brasil, diz que o dia será de agradecimentos. "Só ano passado fui duas vezes, mas esse ano nós sabemos que não daria. Em meio a tanta tragédia, coisas ruins que aconteceram em todo mundo, eu só tenho a agradecer por estar viva e pela força que Nossa Senhora Aparecida tem nos dado. A mensagem deste ano é de agradecimento e o pedido de mais força", comenta a devota.

Para Heloísa, a espiritualidade e fé neste momento não dependem da presença física na paróquia de Nossa Senhora Aparecida, no Cachambi, Zona Norte do Rio. "Temos que respeitar as limitações que tempos como esses nos impõe", comenta a idosa.

A participação presencial na paróquia do Cachambi, segundo o padre Gabriel Coelho, titular da igreja, seguirá medidas rígidas para receber até 300 pessoas durante as missas celebradas. "Teremos apenas celebrações campais, com todas as posições e distanciamentos definidos para evitar aglomerações", explica. As missas na paróquia começam às 8h e acontecem sempre de duas e duas horas.

"Que nesse tempo tão difícil de pandemia, de distanciamento social. De óbitos e enfermidades, que ela possa olhar para esse povo, por essa terra de Santa Cruz. Recorrer a intercessão dessa, que é a Padroeira da nossa nação", reforça Gabriel.
Serviço 
Horários de missa: 7h Missa das Crianças, 9h Missa Solene e 18h Missa de Encerramento.

Link de acesso: https://www.a12.com/santuario/festa-da-padroeira

Comentários