Riocard Mais retoma a troca dos cartões do modelo Vale-Transporte - Ricardo Cassiano
Riocard Mais retoma a troca dos cartões do modelo Vale-TransporteRicardo Cassiano
Por O Dia
Publicado 20/10/2020 11:39 | Atualizado 20/10/2020 18:12
Rio - A Riocard segue o prosseguimento da troca do cartão do tipo Vale-Transporte (VT), a partir desta terça-feira será possível substituir o cartão antigo pelo novo modelo, na cor laranja. Segundo a empresa, diferente das fases anteriores, a substituição será realizada, em um primeiro momento, apenas nas lojas físicas, em um ambiente mais protegido para clientes e funcionários, seguindo rigorosamente os novos protocolos sanitários. 
Ainda não há data definida para o término do processo de troca do cartão modelo VT. De acordo com a Riocard, foram adequadas para o cumprimento das normas de prevenção à covid-19. As unidades receberam separadores de fila para demarcar o distanciamento interno, totem com álcool em gel acionado por pedal e adesivos que marcam o caminho a ser percorrido da chegada até a saída das lojas. Todos os colaboradores trabalham com EPIs, e as lojas são higienizadas a cada três horas, de acordo com todos os protocolos de segurança indicados e recomendados.
Publicidade
As lojas de Madureira, Uruguai e CIAD seguem fechadas. O cliente pode acessar o site ondeestamos.riocardmais.com.br e conferir o endereço da unidade de atendimento mais próxima.
Como trocar
Publicidade
De acordo com a empresa, a troca é rápida e simples. Ao migrar para o Riocard Mais, o passageiro mantém os créditos de transporte do antigo cartão e os benefícios tarifários atrelados a ele, como o Bilhete Único Carioca (BUC), o Bilhete Único de Niterói e o Bilhete Único Intermunicipal (BUI). Para dar mais transparência ao processo, o cliente recebe no ato da troca dos cartões um comprovante com os valores dos créditos de transporte que estavam disponíveis no modelo antigo.
A substituição dos cartões é necessária para a evolução do sistema de bilhetagem eletrônica da Riocard. O cartão é o único aceito em todos os meios de transporte: ônibus municipais e intermunicipais, trens, metrô, barcas, vans legalizadas, VLT e BRT.
Publicidade
"Entendemos que é o momento adequado para reiniciar a troca dos cartões Vale-Transporte, com a retomada das atividades econômicas e a flexibilização do isolamento social. As lojas foram adaptadas para oferecer um atendimento seguro, com a adoção de todos os protocolos sanitários exigidos. A intenção é fazer a troca de maneira rápida e com transparência, seguindo o mesmo procedimento de antes da pandemia", explica a gerente de Marketing da Riocard Mais, Melissa Sartori.
Para receber o novo cartão gratuitamente, o cliente precisa apresenta o modelo antigo do VT em um dos postos de troca, nas lojas físicas. Não é necessário apresentar documentação, mas a troca deve ser feita pelo titular do cartão, já que o benefício é pessoal e intransferível. No ato, é emitido um comprovante com os valores dos créditos de transporte que estavam disponíveis no modelo antigo.
Publicidade
Vale lembrar que os cartões VT antigos deixarão de ser aceitos gradativamente nos meios de transporte durante o processo de troca, como aconteceu com o cartão Expresso. As datas para o término da fase de troca ainda serão anunciadas.
Tabela de troca - Reprodução
Tabela de trocaReprodução
Publicidade
Novos cartões
Todos os novos cartões (Expresso, Vale-Transporte e Empresarial) estão disponíveis para aquisição por novos clientes ou por aqueles que solicitaram a segunda via em caso de perda ou roubo. Os cartões Expresso poderão ser adquiridos nos pontos de venda (máquinas de recarga, bilheterias do BRT e lojas físicas da Riocard Mais; o Vale-Transporte apenas na seção "Para Empresas" do site; e o Empresarial somente na loja online).
Publicidade
Bloqueio por falta de uso
Devido à pandemia do novo coronavírus, a Riocard Mais optou por não aplicar a regra de bloqueio após 120 dias sem uso. Mas, se por acaso, um cartão tiver sido bloqueado por falta de uso, ele pode ser ativado bastando encostá-lo num terminal de consulta de uma loja Riocard ou num equipamento de recarga (ATM).
Publicidade
O desbloqueio também pode ser feito na hora da troca, se for necessário. Basta apresentar o cartão para a atendente, que fará o desbloqueio e a troca do cartão Vale-Transporte.