Maurício Aparecido Vieira Alcântara foi preso na tarde deste sábado - Reprodução
Maurício Aparecido Vieira Alcântara foi preso na tarde deste sábadoReprodução
Por RAI AQUINO
Publicado 24/10/2020 21:08 | Atualizado 25/10/2020 14:29
Rio - Um garoto de programa foi preso, na tarde deste sábado, por policiais da Delegacia Especial de Atendimento ao Turismo (DEAT), suspeito de ter esfaqueado o comissário de bordo francês Claude Arnaud Franck Lahanque, de 56 anos, em Ipanema. Maurício Aparecido Vieira Alcântara, 42, foi capturado em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.
De acordo com a delegada Patrícia Lemany, titular da Deat, Claude foi golpeado pelo menos cinco vezes no apartamento que alugou no bairro da Zona Sul do Rio, na noite da última segunda-feira. O francês foi atingido no peito, no pescoço e na nuca e chegou a ficar em estado grave.
Publicidade
Desde então, Claude está internado no Hospital Miguel Couto, na Gávea. A Secretaria Municipal de Saúde informou que ele passou por cirurgias na unidade e atualmente está estável.
Publicidade
APLICATIVO DE RELACIONAMENTO
Ainda segundo a delegada, o estrangeiro e o brasileiro se conheceram em um aplicativo de relacionamento voltado para o público LGBTQIA+. De férias no Rio desde o último dia 8, o comissário da Air France resolveu convidar o garoto de programa para o seu endereço.
Publicidade
À polícia, o garoto de programa alegou que em um determinado momento da relação com o francês exigiu o pagamento do serviço. Ele disse que o francês teria se recusado a pagá-lo e começado a agredi-lo, quando ficou desnorteado e o esfaqueou. 
"Ele é extremamente violento e levou a faca para o programa. Quando chegamos no endereço, estava tudo bastante ensanguentado", conta a delegada, dizendo que a faca foi encontrada no local do crime.
Garoto de programa foi capturado em São João de Meriti - Reprodução
Garoto de programa foi capturado em São João de MeritiReprodução
Publicidade
OUTRAS PASSAGENS PELA POLÍCIA
Testemunhas contaram que após ter sido esfaqueado, o francês saiu de seu apartamento e pediu socorro ao porteiro do prédio, que chamou o Corpo de Bombeiros. O estrangeiro trabalha em uma rota da Air France que passa pelo Rio e pretendia ficar na capital fluminense por cerca de 15 dias.
Publicidade
O garoto de programa foi identificado através de impressões digitais que foram encontradas no apartamento e por imagens de câmeras de segurança do edifício. A prisão temporária dele foi pedida já na terça-feira e acatada pela Justiça.
Os policiais encontraram Maurício em um endereço para onde ele tinha acabado de se mudar, nesta sexta-feira. Preso, ele vai responder por tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte). O suspeito já tem outras três passagens pela polícia por roubo e lesão corporal também com uso de faca.
Publicidade
"A gente vai concluir as outras formalidades da investigação. Faltam ouvir algumas pessoas para a gente poder entregar para a Justiça uma investigação bem feita, para que a condenação dele seja bem alta", enfatiza Lemany.