Papa Francisco pede que planejamento econômico pós pandemia envolva pobres - Vaticano/ AFP
Papa Francisco pede que planejamento econômico pós pandemia envolva pobresVaticano/ AFP
Por O Dia
Rio - O Papa Francisco enviou nesta terça-feira (3) uma mensagem de reconhecimento e agradecimento aos profissionais da Fiocruz. A benção foi enviada em resposta a um convite para que o Pontífice enviasse uma mensagem na ocasião do seminário Fratelli tutti: A mensagem social global do Papa Francisco, promovido pelo Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz), também hoje.
"Neste momento em que o Brasil, juntamente com o resto do mundo, enfrenta a pandemia da Covid-19 se faz ainda mais significativa a missão desta instituição", afirmou o papa na carta.
Publicidade
"Penso que o esforço da Fiocruz, bem como de tantos outros centros de pesquisa no Brasil e de cada mulher e homem, investigador, médico ou enfermeiro, além de ser uma manifestação de zelo profissional, pode - e deve - ser vivido como uma expressão concreta de amor para o próximo", finaliza o Pontífice.
No mesmo dia, em live do jornal O DIA, o atual prefeito, Marcelo Crivella, criticou os estudos da instituição científica durante a pandemia da Covid-19 e as pesquisas eleitorais municipais. 
Publicidade
“Se eu fosse me guiar pela Fiocruz, eu teria feito as maiores besteiras que um prefeito poderia ter feito. Queriam fazer um lockdown, mas todo mundo que fez lockdown teve segunda onda. O pessoal da Fiocruz é de esquerda, eles querem derrubar o governo do presidente Bolsonaro. Eles agem por ideologia, não tem nada de científico. A Fiocruz só não errou mais que o Ibope e o Datafolha”, disse.