Jornalista e chargista Lanfranco Aldo morre aos 95 anos
 - Reprodução Youtube
Jornalista e chargista Lanfranco Aldo morre aos 95 anos Reprodução Youtube
Por O Dia
Publicado 05/11/2020 10:48 | Atualizado 05/11/2020 20:52
Rio - Morreu, na noite desta quarta-feira (4), o chargista Lanfranco Aldo, conhecido como Lan, aos 95 anos, vítima de uma pneumonia. Ele estava internado há dois meses no Hospital Beneficência Portuguesa, no bairro Valparaíso, em Petrópolis, Região Serrana do Rio.
Segundo informações do G1, o corpo já saiu do hospital e está sendo preparado para o sepultamento. A funerária informou que o corpo chegou por volta das 9h20. O sepultamento ocorreu no cemitério de Itaipava. Apenas amigos próximos e familiares acompanharam a cerimônia.
Publicidade
Entre as paixões de Lan, estavam o Flamengo e a Portela. A diretoria da Portela emitiu uma nota de pesar pelo falecimento do artista.
O Clube de Regatas do Flamengo também se posicionou. "O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente a morte do chargista rubro-negro Lanfranco Aldo. Lan tinha 95 anos e o Mais Querido sempre foi uma de suas grandes paixões. Muita força aos familiares e amigos neste momento tão triste. Descanse em paz", diz o comunicado.
Publicidade
A Prefeitura de Petrópolis decretou luto oficial de três dias.
Carreira
Publicidade
Lan nasceu na Itália em 1925 e chegou a trabalhar em diversos países como Argentina, Uruguai e França, até chegar ao Brasil, onde dizia ter se apaixonado pelo país. Ele teve passagens pelo Jornal do Brasil e pelo O Globo, no Rio de Janeiro.
O chargista travalhava há 45 anos em Petrópolis, em um sítio onde viveu com a esposa, Olívia Marinho. Em sua casa, no distrito de Pedro do Rio, ele mantinha um ateliê com mais de cinco mil caricaturas.