Polícia interdita laboratório que recebia próteses de cemitérios clandestinos - Foto: Divulgação / Polícia Civil
Polícia interdita laboratório que recebia próteses de cemitérios clandestinosFoto: Divulgação / Polícia Civil
Por O Dia
Rio - Agentes da Delegacia do Consumidor (Decon) interditaram, nesta segunda-feira, um laboratório de próteses dentárias em Ricardo de Albuquerque, Zona Norte. As investigações da Polícia Civil apontaram que parte do material, que era vendido para consultórios dentários, era adquirido de forma irregular em cemitérios clandestinos na Região Metropolitana do Rio. 
As próteses dentárias, conhecidas como "roach", passavam por processo químico para parecer que o produto era novo. Os responsáveis pelo laboratório foram presos em flagrante por crimes contra o consumidor e contra a saúde pública.