Fila de espera por leito de UTI no Rio bate recorde pelo quinto dia seguido
Fila de espera por leito de UTI no Rio bate recorde pelo quinto dia seguidoMiguel SCHINCARIOL / AFP
Por O Dia
Rio - A fila de espera por leito de UTI para tratamento da covid-19 segue alta e bateu recorde pelo quinto dia seguido no estado do Rio de Janeiro, com 678 pacientes aguardando por uma vaga no sábado. Os dados do Painel Covid-19, da Secretaria Estadual de Saúde (SES) também mostram que 255 pessoas aguardam por um leito de enfermaria. Ao todo, são 933 pessoas esperando por um leito.
Atualmente, 13 municípios do estado estão com a lotação de 100% nos leitos de UTIs e 23 estão com taxa de ocupação acima dos 90%.
Publicidade
A Secretaria Estadual de Saúde informou, no sábado, que a ação conjunta com o Ministério da Saúde possibilitará a abertura de 557 leitos, sendo 324 de UTI, até a próxima semana. Segundo a pasta, na rede estadual, foram abertos 89 leitos de UTI e 10 de enfermaria, nesta semana, nos hospitais Zilda Arns, Anchieta, João Batista Caffaro, Carlos Chagas e Adão Pereira Nunes.
Até a próxima quarta-feira, serão inseridos na Central de Regulação Estadual (CER) mais 104 leitos de UTI e 56 de enfermaria. São leitos privados contratados por meio de chamamento público. Até o dia 2 de abril, outros 27 leitos de UTI da rede estadual serão inseridos na CER. No total, entre esta semana e a próxima, a ampliação chegará a 366 leitos.
Publicidade
Segundo o mapa de risco da Secretaria Estadual de Saúde, divulgado na última sexta-feira (26), três das nove regiões do estado entraram em cor roxa, que significa 'risco muito alto'. Metropolitana, Centro-Sul e Baixada Litorânea, estão na escala mais grave.
Na Região Metropolitana, Rio, Duque de Caxias, São João de Meriti, Belford Roxo, Nova Iguaçu, Queimados, Japeri, Seropédica, Itaguaí, Paracambi, Itaboraí estão em risco 'muito alto', segundo o mapa da Secretaria Estadual de Saúde. Na região Centro-Sul, Mendes, Paty dos Alfares, Paraíba do Sul, Três Rios e Sapucaia. Na Baixada Litorânea, que engloba Região dos Lagos e parte do Norte Fluminense, Araruama, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia, Búzios, Rio das Ostras e Macaé.