Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima
Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima Reprodução
Por O Dia
Rio - Policiais da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav) prenderam em flagrante, nesta terça-feira, uma mulher, que não teve o nome divulgado, após torturar o filho de 3 anos na comunidade do Urubu, Zona Norte do Rio. Segundo os agentes, as agressões causaram sofrimento físico e mental à criança.
De acordo com a polícia, a denúncia foi feita por um policial militar que é parente da vítima. Equipes da delegacia que está investigando o caso foram até o local informado e resgataram a criança. O estado de saúde do menino, que possui diversos ferimentos pelo corpo, estado de desnutrição e desidratação, chocou até mesmo os policiais que participaram da ação.
Publicidade
As investigações, apontam que a agressora também responde pelos crimes previstos no Estatuto do Idoso por expor a perigo a integridade e a saúde física e psíquica e apropriar-se de bens, provento ou pensão do idoso, cuja vítima é sua própria mãe. 
A mulher foi autuada em flagrante pelo crime de tortura majorada em razão de a vítima ser criança, com pena prevista de 2 a 8 anos de prisão.