Pfizer
PfizerReginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Por O Dia
Rio - O município do Rio de Janeiro deve receber, na noite desta segunda-feira (10), mais de 100 mil doses da vacina da Pfizer. Segundo secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, caso as vacinas sejam entregues, até a tarde desta terça-feira (11), devem chegar em todos os postos de vacinação da cidade.
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a vacina da Pfizer é destinada preferencialmente para pessoas com comorbidades, incluindo gestantes e puérperas com comorbidades e que apresentem laudo com indicação médica e assinem termo de consentimento para vacinação.
Publicidade
O Ministério da Saúde comunicou que a distribuição de uma nova remessa da Pfizer, com 1,1 milhão de doses, deve começar a partir desta segunda-feira. No entanto, a SES não confirmou se as mais de 100 mil doses destinadas ao Rio, seriam entregues ainda nesta segunda-feira.
A SES finalizou a entrega de 427,2 mil doses das vacina contra covid-19 aos 92 municípios do estado, nesta segunda-feira. Deste total, 331,2 mil doses são da vacina de Oxford/AstraZeneca e 96 mil da CoronaVac.
Publicidade
Coronavac
A SMS informou que o estoque da segunda dose da Coronavac deve acabar na quarta-feira (12) e a vacinação pode ser suspensa caso uma nova remessa de doses não chegue até quinta-feira (13). "Até a próxima quarta-feira, a SMS segue recebendo as pessoas a partir de 66 anos para a D2 de CoronaVac e aguarda novas remessas programadas para dar sequência ao calendário de D2 desta vacina a partir do dia 13".
Publicidade
A pasta retirou, na noite de sexta-feira (7), 48 mil doses de CoronaVac, que foram colocadas em uso no sábado, para atender às pessoas de 66 anos ou mais que estavam em tempo de receber a segunda dose.