Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos

Circulação dos trens do ramal Japeri é normalizada após problemas de sinalização

Intervalos entre as composições foram ampliados após falha no sistema perto da estação de Queimados

Serviço de trens é normalizado depois de problemas com a sinalização no ramal JaperiDivulgação / Agetransp

Rio - A circulação dos trens do ramal Japeri foi normalizada às 8h15 desta quinta-feira, 13, depois de uma interrupção pela manhã por causa de um problema com a sinalização nas proximidades da estação de Queimados, na Baixada. Antes da falha ser resolvida, os intervalos entre as composições precisaram ser ampliados.
De acordo com a assessoria da SuperVia, a necessidade de maior tempo entre a chegada dos trens aconteceu porque o controle do deslocamento teve que ser feito via rádio, e não automaticamente. Ou seja, os maquinistas precisavam aguardar uma ordem de circulação. Os clientes dos trens foram informados sobre a normalização pelos canais de comunicação da concessionária.
Você pode gostar
Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor.

mais notícias
Circulação dos trens do ramal Japeri é normalizada após problemas de sinalização | Rio de Janeiro | O Dia
Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos

Circulação dos trens do ramal Japeri é normalizada após problemas de sinalização

Intervalos entre as composições foram ampliados após falha no sistema perto da estação de Queimados

Serviço de trens é normalizado depois de problemas com a sinalização no ramal JaperiDivulgação / Agetransp

Rio - A circulação dos trens do ramal Japeri foi normalizada às 8h15 desta quinta-feira, 13, depois de uma interrupção pela manhã por causa de um problema com a sinalização nas proximidades da estação de Queimados, na Baixada. Antes da falha ser resolvida, os intervalos entre as composições precisaram ser ampliados.
De acordo com a assessoria da SuperVia, a necessidade de maior tempo entre a chegada dos trens aconteceu porque o controle do deslocamento teve que ser feito via rádio, e não automaticamente. Ou seja, os maquinistas precisavam aguardar uma ordem de circulação. Os clientes dos trens foram informados sobre a normalização pelos canais de comunicação da concessionária.
Você pode gostar
Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor.

mais notícias