"Nós não somos bandidos"

Dois clientes foram acusados de participarem de tentativa de assalto em loja de rede eletrodomésticos

Por O Dia

Francisco Neto e Wendell Nava foram acusados de participar de assalto, mas depois foram liberados coluna isabele benito
Francisco Neto e Wendell Nava foram acusados de participar de assalto, mas depois foram liberados coluna isabele benito -

"Foi ridículo e humilhante. Nunca pensei que fosse passar por isso na vida." Esse foi o desabafo de Wendell Nava, 27 anos, acusado junto de seu amigo, Francisco de Oliveira Neto, de serem cúmplices em uma tentativa de assalto à loja Ponto Frio de Copacabana, no sábado.

Wendell e Francisco compravam um caixa de som na loja, quando dois homens entraram e anunciaram o assalto. Rapidamente, policiais do 19º BPM (Copacabana) chegaram ao local e prenderam os suspeitos.

Só que o problema não parou por aí... Os seguranças da loja afirmaram que Wendell, funcionário da Prefeitura do Rio, e Francisco, que é taxista, estavam envolvidos na história! O vendedor que atendia os dois até tentou defender, mas não teve jeito... Os dois pararam na viatura da polícia até que o mal-entendido fosse esclarecido.

Toda a ação foi filmada e publicada nas redes sociais, causando, é claro, e com razão, muita indignação!

"Nos trataram como se fôssemos bandidos. Me senti muito mal por perceber os olhares das pessoas que passavam e achavam que éramos criminosos.. E nós não fizemos nada!", afirma Wendell, que já fez boletim de ocorrência com o amigo e promete levar o caso à Justiça.

Esse é o Rio de Janeiro... De cliente você vira suspeito! A loja acusou e inclusive foi contra o próprio funcionário que disse que os dois não tinham envolvimento. Não deram nem direito de defesa, já foram colocando no camburão!

Pela rede social de Wendell, o Ponto Frio lamentou o ocorrido, afirmou que a situação não poderia acontecer e que uma solicitação foi aberta referente ao constrangimento. A coluna procurou a Polícia Militar, que divulgou estar verificando as informações do ocorrido.

3,2,1... É DEDO NA CARA!

 

PINGO NO I

O que aconteceu com o Pitbull Thor, em São Cristóvão, nesse fim de semana, não pode ficar impune. É um absurdo deixar solto esse descontrolado!

E o assunto, ao invés de gerar comoção, gerou polêmica... O que é mais absurdo ainda! O que está em questão é a atitude covarde do assassino.

Agora, mais do que nunca, a lei Sansão, que semana passada foi sancionada, tem que ser cumprida e deve mostrar a sua força!

"O caso está sendo acompanhado e a gente vai até o final. Enquanto ele não for preso, nós não vamos sossegar... A morte do Thor não vai ficar em vão", conta Karla de Lucas, subsecretaria Estadual de Proteção e Bem-Estar Animal.

Bora colocar o Pingo no I...

Os bichos merecem aquilo que só eles sabem transmitir de verdade... Amor. Quem acha normal esse tipo de atitude cruel, pode se considerar louco e criminoso igual!

TÁ BONITO!

D. Hilda: 102 anos - divulgação

O que não falta é motivo pra comemorar! São 102 anos de pura lucidez. Dona Hilda Castanheira, moradora de Mesquita, fez aniversário neste sábado e realizou sua festinha em casa, com poucos familiares, e claro, com muita segurança por causa da pandemia.

Ela, que faz parte do grupo de risco, é história pura... Trabalhou no Palácio do Catete e conheceu até Getúlio Vargas... Agora, enfrentou esse vírus, sem qualquer tipo de medo.

"Ela passou todo esse período muito bem. E comemorar esse aniversário, com todo esse problema no mundo, com as tristezas, foi muito emblemático. Não é qualquer um que chega nessa idade", conta Rosemary Major, cuidadora de Dona Hilda.

Que essa lindeza que Dona Hilda é, comemore muito esse aniversário. Ela merece!

Se você me perguntou se tá feio ou tá bonito... Viva os 102 anos de Dona Hilda, e tenho dito!

Comentários