Mais Lidas

Programa "Prefeitura Presente" chega ao Dom Bosco

Moradores contaram com serviços sociais, de saúde e lazer

Por O Dia

Moradores receberam diversos serviços no Dom Bosco
Moradores receberam diversos serviços no Dom Bosco -

Rio - Mãe de uma menina de 1 ano e grávida de 8 meses do pequeno Benjamim, a desempregada Isadora Moreira das Dores, de 18, teve a oportunidade de se cadastrar no Programa Bolsa Família, durante a segunda edição do “Prefeitura Presente”, que levou aos moradores do bairro Dom Bosco, em Nova Iguaçu, diversos serviços sociais, de saúde, e lazer, nesta segunda-feira. A jovem, que está desempregada, comemorou a iniciativa da prefeitura.

De acordo com a secretária de Assistência Social, Elaine Medeiros, o “Prefeitura Presente” acontecerá também em outros bairros, sempre as segundas e quintas-feiras. A ideia é descentralizar o programa, facilitando o acesso dos moradores.

"Estamos ofertando segunda via da certidão de nascimento, casamento e óbito, casamento gratuito, vale social, carteira do idoso, tarifa social, isenção de taxa para concurso público, serviços de saúde como testes rápidos, primeira vez de Cadastro Único, Bolsa Família e seu recadastramento, pesagem e medida para o programa. Esse é o nosso desejo, levar os serviços mais próximos à população", afirmou Elaine Medeiros.

Ainda segundo a secretária, em menos de duas horas de evento, centenas de pessoas foram atendidas na Praça do Dom Bosco. "Vamos cobrir todo esse corredor da Estrada de Madureira. O carro chefe sempre é o cadastro único, o programa Bolsa Família, mas há uma grande procura pele segunda via da certidão de nascimento e casamento", garantiu a secretária.

Pernambucana e moradora do Grão Pará, a aposentada Maria das Graças Gondim Mafra, 80, buscou a segunda via da certidão de casamento e disse que o programa vai facilitar a vida da população mais carente. "Sou viúva há 50 anos e precisava deste documento. Esse programa é bom para as pessoas carentes que não tem condições de gastar dinheiro com passagem de ônibus e se deslocar para longe", contou a idosa.

Ainda foram oferecidos aos moradores aferição de pressão, testagem rápida de hepatite, sífilis e HIV.

A primeira edição do programa aconteceu no bairro Cabuçu, na semana passada.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia