BATIDAS DO HIP HOP

Duque de Caxias vai mergulhar na cultura urbana, no grafite e no hip hop

Por O Dia

MOF E Semana Municipal do Hip Hop -

Duque de Caxias vai respirar cultura urbana, grafite e hip hop. Nas próximas semanas, a cidade será palco de dois eventos já consagrados na região: a Semana Municipal do Hip Hop e o Meeting of Favela (MOF). A programação gratuita inclui apresentações de dança, oficinas de grafite, palestras e batalhas de rimas.

É na Vila Operária, aliás, onde os becos e ruas são cercados de paredes e muros cobertos de arte que acontece o Meeting of Favela (MOF), um dos maiores eventos de grafite voluntário do mundo. De 7 a 9 de dezembro, o cenário da comunidade será composto por artistas dos murais, da dança de B-boys, do som do hip hop e do olhar de videomakers e fotógrafos. Pessoas de todos os lugares prometem transformar a paisagem de uma área bastante conhecida pela violência. 

A 13ª edição do evento já ganhou fama pelo mundo e deve reunir mais de 700 artistas, vindos de vários estados do Brasil e até da Inglaterra, como o britânico Dave Bonzai, que tem projetos em comunidades do mundo todo. "É um momento esperado o ano todo, que traz cultura e arte a céu aberto para um local sem muitas perspectivas. O que ocorre aqui é uma reunião de pessoas em que a essência é o grafite. Qualquer um pode chegar e participar. Posso dizer que este é o maior evento de grafite democrático do planeta", valoriza André Kajaman, um dos idealizadores e organizadores do MOF.

O evento funciona da seguinte maneira: os grafiteiros chegam, batem na porta das casas e do comércio perguntando se podem pintar. Se a resposta for positiva, o morador pode escolher o que gostaria de ver em sua fachada ou, então, deixar a critério dos artistas. Assim, numa esquina surge um painel abstrato, em outra animais, ao lado de palavras, dizeres bíblicos ou até imagens de antigos moradores. "A comunidade não entendia muito bem o que acontecia no início, em 2006. Mas, ao longo dos anos, passou a se integrar à iniciativa", relembra Kajaman.

Calendário Oficial

Além do Meeting Of Favela, que acontece todos os anos, celebrar o hip hop é lei em Duque de Caxias. Sancionada em 2013, a Semana Municipal do Hip Hop entrou para o calendário oficial e, desde então, a programação acontece anualmente. Este ano, o evento será de amanhã a sexta-feira. Vai ter de oficinas de iniciação ao breaking dance, batalha de rima, workshop de grafite e um 'flash mob' (performance de dança realizada por um grupo de pessoas aleatórias que estejam em ambiente aberto).

Apesar da lei começar a valer em 2013, os movimentos de dança urbana e hip hop começaram bem antes. "Foi a partir de 2000 que começamos a promover treinos de dança urbana e hip hop na cidade. Depois foram surgindo movimentos e eventos que foram ganhando força e crescendo. Em 2010, a proporção do que fazíamos ficou maior e as coisas começaram a melhorar. Enfrentamos muitos obstáculos até a Semana do Hip Hop virar realidade. Muitas pessoas discriminavam nosso trabalho, éramos chamados de baderneiros, pichadores e vagabundos. Hoje, elas percebem que, na verdade, os jovens se reúnem para promover essa cultura e estão apenas buscando oportunidade através da arte e trilhando um caminho longe da criminalidade", ressalta Diego de Jesus, o Diego Tecnykko, da ONG Urbanos BF.

Galeria de Fotos

MOF E Semana Municipal do Hip Hop divulgação
MOF E Semana Municipal do Hip Hop divulgação
MOF E Semana Municipal do Hip Hop divulgação
MOF E Semana Municipal do Hip Hop divulgação
MOF E Semana Municipal do Hip Hop divulgação
MOF E Semana Municipal do Hip Hop divulgação
MOF E Semana Municipal do Hip Hop divulgação

Comentários

Últimas de O Dia na Baixada