Baixada Ligada: Guapimirim em festa

Estudantes das 34 unidades escolares da rede municipal de ensino vão participar do desfile

Por Aline Cavalcante

Diversidade, Tecnologia e Pertencimento: um símbolo da história dos 29 anos de Guapimirim. Este é o tema do desfile, marcado para amanhã, em comemoração ao aniversário do município. O evento será realizado ao longo da Avenida Dedo de Deus, a partir das 9h. Estudantes das 34 unidades escolares da rede municipal de ensino vão participar do desfile.

Diversão gratuita em São João de Meriti

Hoje, de 14h às 17h, o Espaço Laboratório Ecológico do Shopping Grande Rio, em São João de Meriti, vai oferecer diversas oficinas gratuitas sustentáveis. As atividades socioeducativas, culturais e recreativas são uma parceria com o Sesc e acontecem aos sábados e domingos de novembro. Desta vez, os participantes terão a chance de produzir peças em feltro usando a criatividade. Crianças e adultos podem participar.

Valorização local
 
No próximo dia 30, Magé encerra o projeto 'Apoio Técnico-científico para fortalecimento e consolidação das políticas públicas voltadas para a agricultura familiar do Brasil'. De 8h às 16h, a Praça de Piabetá sedia o 'Cozinha Show', evento com workshops, degustação e feira de exposição.
 
Bolsas de estudos
 
Estão abertas as inscrições gratuitas para o processo de bolsas do colégio Elite, nas unidades da Baixada. As provas são no próximo dia 30. Alunos de todas as séries podem participar. Os descontos variam de 5% a 90%. Inscrições no site www.ensinoelite.com.br ou pelo telefone 3443-0033.
 
Bastidores
 
O Ministério Público Federal (MPF) expediu duas recomendações a órgãos municipais, estaduais e federais para que sejam adotadas medidas de reparação às vítimas de atos de intolerância e violência religiosa nos municípios de Duque de Caxias e Nova Iguaçu. A recomendação foi encaminhada à Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (União), à Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos do Estado do Rio e às prefeituras dos dois municípios da Baixada. Os documentos recomendam que seja estipulado, em até 60 dias, políticas de reparação às lideranças religiosas que sofreram ataques ou ameaças. E pede ainda a implementação de projetos que atendam às vítimas.

 

Comentários