Magé recebe o primeiro Feirão Limpa Nome

A partir de 10 de dezembro será mais fácil negociar dívidas

Por O Dia

Dados do Serviço de Proteção ao Consumidor (SPC) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), mostram que cerca de 40% dos brasileiros iniciaram o ano de 2019 no vermelho. Para ajudar os cidadãos mageenses a renegociar suas dívidas com empresas privadas, o município promove entre os dias 10 e 13 de dezembro, o I Feirão Limpa Nome da cidade. O objetivo é facilitar a negociação de dívidas entre consumidores e fornecedores, oferecendo condições especiais para que a população quite suas contas em atraso. Haverá distribuição de senhas para o atendimento.

Nos dias 10 e 11, a mobilização acontece na Universidade Unigranrio, a partir das 9h. O endereço é Rua Coronel João Valério, 654, no Centro de Magé. Já nos dias 12 e 13, o feirão acontece em Piabetá, na sede da Associação Batista Mageense, também a partir das 9h. O endereço é Rua Mirabel, 175, Parque São Jorge.

"Essa é uma excelente oportunidade para os mageenses que têm dívidas de qualquer natureza com mais de 60 dias de débito. Eles poderão negociar com representantes de diversas empresas que terão autonomia para realizar acordos que ofereçam possibilidades de quitação satisfatórias para a população. As senhas de atendimento serão distribuídas das 8h30 às 15h", explicou o secretário de Trabalho, Emprego e Geração de Renda de Magé, Álvaro Alencar.

O Procon Magé já fechou com diversas empresas da cidade que enviarão uma equipe para renegociar direto com o cidadão. "Estamos a todo vapor e fechando parcerias para ajudar a população da cidade. Empresas como a Oi, Caixa, Itaú, Vivo, Clínica Brasil, Inforlinha, Força Máxima, Centro Educacional de Magé (CEM) e Megas Internet já confirmaram presença. Teremos também outras empresas e um canal para negociação com as empresas que não estarão presentes", contou Renata Meirelles, coordenadora do Procon Magé.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários

Últimas de O Dia na Baixada