Celebração por Fellini

Unidades do Sesc na Baixada vão exibir, de graça, cinco obras do diretor italiano

Por O Dia

O longa-metragem 'A Voz da Lua' faz parte da mostra especial
O longa-metragem 'A Voz da Lua' faz parte da mostra especial -

Se estivesse vivo, o cineasta italiano Federico Fellini teria completado 100 anos em janeiro. Para celebrar a data, o Sesc vai levar, neste mês de março, às unidades de São João de Meriti e Nova Iguaçu, a mostra "Mondo Fellini", com obras deste que foi um dos maiores e mais influentes diretores de cinema de todos os tempos. Serão exibidos, em sessões gratuitas, cinco longas-metragens produzidos entre 1950 e 1990.

Os filmes selecionados são "A doce vida", "A voz da lua", "Julieta dos espíritos", "Oito e meio" e "Os boas vidas". As obras foram escolhidas por serem consideradas emblemáticas e significativas dentro da extensa carreira do artista.

Além das exibições de filmes, a mostra conta, ainda, com uma palestra e bate-papo com o crítico de cinema Ruy Gardnier, após a sessão do dia 17, em Nova Iguaçu. No mesmo município, a produtora, curadora e pesquisadora Joice Scavone ministra masterclass sobre a vida e a obra de Fellini, de 14 a 21 de março.

Já no dia 27 haverá apresentação da Orquestra Sinfônica da Baixada. A programação completa pode ser consultada em www.sescrio.org.br.

Galeria de Fotos

O longa-metragem 'A Voz da Lua' faz parte da mostra especial fotos de Divulgação
Cena de 'Julieta dos Espíritos' Divulgação

Comentários