Tudo normal

Ruas movimentadas em Duque de Caxias e Nova Iguaçu revelam que moradores não estão levando a sério a recomendação de isolamento

Por O Dia

Feira Livre na Posse, em Nova Iguaçu, lotada e com pessoas sem máscara
Feira Livre na Posse, em Nova Iguaçu, lotada e com pessoas sem máscara -

Embora os números de casos de coronavírus venham aumentando a cada dia na Baixada Fluminense, com quase 700 confirmações, a quarentena não tem sido levada a sério. Apesar das orientações das prefeituras e do Governo do Estado, nas ruas de Nova Iguaçu e Duque de Caxias, que lideram o ranking na região e no estado, ainda há muitas pessoas nas ruas dos bairros e dos centros comerciais. As duas cidades têm juntas mais de 350 casos da doença.

Apesar do comércio fechado, no calçadão de Nova Iguaçu a movimentação ainda é grande. A maioria das pessoas, anda sem máscara e bem próximas umas das outras sem tomar qualquer cuidado.

Moradora do bairro Corumbá, em Nova Iguaçu, que preferiu não se identificar, relata a situação no local. "Os bares estão todos abertos normalmente e ficam lotados. As pessoas se aglomeram sem nenhuma preocupação. Na rua onde moro, os vizinhos se reúnem e fazem churrasco como se não houvesse uma pandemia nos ameaçando", relata a auxiliar administrativa.

Em Duque de Caxias a situação é bem parecida. No Centro da cidade o movimento é grande, e muita gente ignora o uso das máscaras. Nas filas dos bancos, muita gente aglomerada, sem respeitar a distância recomendada pelo Ministério da Saúde (2m). "Parece que ninguém está preocupado, as pessoas estão amontoadas nas filas dos bancos, sem máscara, conversando normalmente. É bem preocupante e fico um pouco chocado com esta postura dos moradores de uma das cidades mais afetadas", opina o morador do bairro Pilar.

DECRETOS

Procuradas, as prefeituras informaram que a orientação é ficar em casa. Em algumas cidades, os moradores podem denunciar a aglomeração por telefone. A Prefeitura de Nova Iguaçu afirmou que o comércio não essencial continua fechado, além dos acessos a museus, bibliotecas, teatros, centros culturais e praças públicas para evitar aglomerações.

A Prefeitura de Belford Roxo é a favor do isolamento social e editou decreto com uma série de medidas restritivas para evitar aglomerações. A prefeitura informou que fechou algumas lojas que descumpriram o decreto.

Já a Prefeitura de Caxias, esclarece que adotou uma série de ações restritivas e que equipes de segurança e postura do município estão nas ruas para fazer cumprir o decreto que suspendeu  o funcionamento do comércio.

Galeria de Fotos

Feira Livre na Posse, em Nova Iguaçu, lotada e com pessoas sem máscara Kelly Duque
Em Duque de Caxias, filas dos bancos não respeitam distância necessária entre as pessoas Reginaldo Pimenta
Fila para sacar o auxilio emergencial dado pelo governo, na Caixa Econômica Federal, na Rua Marechal Deodoro, em Duque de Caxias, Baixada Fluminense Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Fila para sacar o auxilio emergencial dado pelo governo, na Caixa Econômica Federal, na Rua Marechal Deodoro, em Duque de Caxias, Baixada Fluminense Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Fila banco no itau, localizado no bairro de miguel couto, cidade de nova iguaçu, nesta terça feira (14). Kelly Duque
Rio de Janeiro 03/04/2020 - Centro de Nova iguacu com o comercio fechado de vido a pandemia do COVID 19. Foto: Luciano Belford/Agencia O Dia Luciano Belford/Agência O Dia

Comentários