Estoques de bancos de sangue em alerta

Hospital Geral de Nova Iguaçu amplia doação com hora marcada para aumentar reserva na unidade

Por O Dia

Com os devidos cuidados, não há risco de contrair o novo coronavírus pelo ato de doar sangue
Com os devidos cuidados, não há risco de contrair o novo coronavírus pelo ato de doar sangue -

Devido à pandemia do novo coronavírus e ao isolamento social, os estoque dos bancos de sangue estão cada vez menores. Para tentar incentivar as pessoas a doarem, alguns cuidados estão sendo tomados para aumentar as reservas de sangue no Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI).

A unidade de saúde ampliou em 1h30 o horário das doações. A medida foi adotada porque a procura para doações caiu em 80% nas últimas semanas. Em maio, foram coletadas, em média, quatro bolsas de sangue por dia, quando o ideal para atender a demanda são 20. Apesar de também atender casos da covid-19, o hospital continua recebendo as vítimas de trauma (baleados, esfaqueados, acidentados, entre outros) normalmente, e ter reserva de sangue é fundamental para realização das cirurgias de urgência e emergência.

Para garantir que a coleta seja feita de forma segura, alguns cuidados foram tomados. Os profissionais da saúde orientam os doadores a higienizar as mãos ao chegar, antes e após a doação. As salas de triagem, de coleta, copa e recepção são higienizadas regularmente durante todo o dia.

O banco de sangue da maior emergência da Baixada Fluminense vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 14h, recebendo doadores com hora marcada. Os interessados em doar devem fazer o agendamento através do telefone e WhatsApp (21) 97663-9352, das 8h às 17h. Essa é uma maneira de garantir que não se forme aglomeração de pessoas na unidade.

Galeria de Fotos

Com os devidos cuidados, não há risco de contrair o novo coronavírus pelo ato de doar sangue Divulgação
Doação de sangue no HGNI Divulgação

Comentários