Selminha Sorriso faz lives com personalidades do Carnaval

Porta-bandeira da Beija-Flor de Nilópolis conversa com convidados sobre dança e samba

Por O Dia

Selminha Sorriso conduz o pavilhão da Beija-Flor de Nilópolis há quase 25 anos na Marquês de Sapucaí
Selminha Sorriso conduz o pavilhão da Beija-Flor de Nilópolis há quase 25 anos na Marquês de Sapucaí -

Responsável por conduzir o pavilhão da Beija-Flor de Nilópolis há quase 25 anos, Selminha Sorriso entrou na onda das lives para reforçar ainda mais a importância dos mestres-salas e porta-bandeiras para o Carnaval. Ela tem promovido transmissões ao vivo com figuras relevantes neste quesito.

Entre os convidados está o mestre Manoel Dionísio, presidente da primeira escola de mestre-sala, porta-bandeira e porta-estandarte do país. Aos 83 anos, Dionísio é um dos maiores conhecedores do bailado que encanta os apaixonados pelas escolas de samba do Rio de Janeiro. O jornalista e escritor Leonardo Bruno, comentarista de Carnaval, também já bateu um papo com Selminha.

"Por todas as conquistas que realizei através do samba, principalmente como porta-bandeira, resolvi criar a série de lives com convidados especiais. O objetivo é dialogar sobre a importância da arte do bailado do mestre-sala e da porta-bandeira com diversas pessoas ligadas ao meio acadêmico e à prática da dança e que contribuíram ou ainda contribuem para perpetuar esse patrimônio imaterial", conta Selminha.

As transmissões acontecem às quartas e sextas-feiras e podem ser acompanhadas pelo Instagram @selminhasorriso.

Galeria de Fotos

Selminha Sorriso conduz o pavilhão da Beija-Flor de Nilópolis há quase 25 anos na Marquês de Sapucaí Luciano Belford
Beija-Flor fechou o último dia de desfiles do Especial Raphael David | Riotur
Selminha Sorriso é porta-bandeira da Beija-Flor Site Carnavalesco

Comentários