Queimados decreta uso obrigatório de máscara e libera mais alguns serviços

Lojas de artigos hospitalares e ortopédicos, além de escritórios de contabilidade e advocacia poderão abrir

Por O Dia

Com 915 casos confirmados e 10 mortes por covid-19, o prefeito de Queimados, Carlos Vilela (MDB), publicou dois decretos que obrigam o uso de máscaras de proteção e mantém as medidas restritivas por tempo indeterminado. Além disso, lojas de artigos hospitalares e ortopédicos, e escritórios de contabilidade e advocacia foram autorizados a funcionar no município.
Com a manutenção da situação de emergência em meio à pandemia, segue a restrição em 30% da lotação nos estabelecimentos comerciais e foi prorrogada a suspensão da tradicional feira dominical realizada na Avenida Professor Avelino Xanxão. Academias, salões de beleza e outros estabelecimentos do gênero. continuam fechados.
“Decidimos tornar obrigatório o uso das máscaras porque boa parte da população ainda estava saindo nas ruas sem elas, o que torna mais difícil a contenção da propagação do vírus”, afirmou o prefeito Carlos Vilela.
Já a Prefeitura de Japeri prorrogou preventivamente a suspensão das atividades escolares até 10/6.

Comentários

Últimas de O Dia na Baixada