Sebrae Rio oferece dicas online para microempreendedor superar crise

Semana MEI acontece até sexta-feira e é gratuita

Por O Dia

Durante as medidas de isolamento social, muitas lojas ficaram fechadas, como em  Nova Iguaçu, sem a venda online como alternativa
Durante as medidas de isolamento social, muitas lojas ficaram fechadas, como em Nova Iguaçu, sem a venda online como alternativa -
Até a próxima sexta-feira, a Semana MEI, organizada pelo Sebrae Rio, oferecerá eventos online e gratuitos para a disseminação de conteúdos relacionados à nova realidade, com temas como planejamento, marketing digital, como montar um delivery, como vender pelo Instagram, dicas sobre renegociação de dívidas, entre outros. Para o Microempreendedor Individual (MEI) da Baixada Fluminense, que representa 20,6% do total do estado do Rio de Janeiro, será uma chance de buscar soluções e se fortalecer para superar a crise econômica.
Segundo levantamento do Sebrae Rio através de dados de maio da Receita Federal, há 233.388 microempreendedores individuais na região (de 1.132.627 no Rio de Janeiro). Duque de Caxias é a cidade da Baixada com mais empresas, com 81.667 cadastradas, sendo 57.005 microempresas. É seguida por Nova Iguaçu, com 68.794 (52.358 MEI), e São João de Meriti, com 38.801 (29.349 MEI).
Desse total de microempresas na região, a alimentação fora de casa possui a maior porcentagem (12,3%), seguido por Construção Civil (12,2%), Moda (12%) e Beleza (10,7%). Justamente segmentos bastante afetados pelas medidas de isolamento social.
Muitos tiveram que se reinventar e apostaram nas vendas online. Entretanto, a maior parcela dos microempreendedores possui mais dificuldade em funcionar de forma não presencial. Foi o que mostrou o estudo divulgado em maio "Impacto do Coronavírus nos Pequenos Negócio – 3ª edição". Nele, foi constatado que 57,9% dos pequenos negócios ficaram interrompidos no estado do Rio.
Por isso, a Semana MEI é vista como uma oportunidade de recuperar o tempo perdido com o aprendizado. As inscrições seguem abertas e podem ser realizadas pelo site loja.rj.sebrae.com.br.
"Será uma grande oportunidade para aqueles empreendedores que ainda precisam avançar no processo de transformação digital e explorar as melhores práticas de relacionamento com o seu cliente no cenário atual", afirma o gerente de Atendimento do Sebrae Rio, Leandro Marinho.


Ajuda na declaração

O microempreendedor individual (MEI) que ainda não apresentou a Declaração Anual Simplificada (DASN-Simei) à Receita Federal tem até a próxima terça-feira, dia 30. Para quem ainda está com dificuldade para preencher, o Sebrae Rio ajuda.

O suporte oferecido pode ser por meio do curso online "Oficina Descomplica MEI", via WhatsApp (21 96576-7825), e também pela Central de Relacionamento (0800 570 0800 ) ou a rede de atendimento do Sebrae, que em seu site dá o passo a passo para realizar a declaração.

Para a entrega da Declaração Anual, o empreendedor precisa saber o valor exato do faturamento obtido em 2019 como MEI, que não pode passar de 81 mil reais (ou proporcional aos meses, no caso de abertura da empresa ano passado).

Comentários