Som Eu lança nova edição da Orquestra Virtual

Projeto vai apresentar a música "Fico assim sem você" ao som de 26 músicos e participação especial do cantor Buchecha

Por O Dia

Projeto promove encontros à distância durante o isolamento social, causado pela covid-19
Projeto promove encontros à distância durante o isolamento social, causado pela covid-19 -

O projeto Som Eu de Duque de Caxias lançou mais uma edição da Orquestra Virtual ontem. A iniciativa foi criada para promover encontros à distância entre alunos e professores durante o período de isolamento social, provocado pela pandemia de covid-19. A apresentação será realizada por 26 alunos da Orquestra Sinfônica do projeto.

Nesta edição, foi escolhida a música "Fico assim sem você", composição de Abdullah, que já foi interpretada por diversos artistas, como a dupla Claudinho e Buchecha e a cantora Adriana Calcanhoto. O cantor Buchecha fez uma participação especial na apresentação.

O Som Eu é um projeto socioeducativo que oferece aulas gratuitas de música clássica e popular para crianças e jovens de 6 a 19 anos. Criado em 2011 no Morro da Providência, na Zona Portuária do Rio, a instituição sem fins lucrativos beneficiou mais de 3 mil alunos com aulas de música, formação de grupos e orquestra. A apresentação está disponível em facebook.com/projetosommaiseu.

Há três anos, o projeto conta com a unidade em Campos Elíseos e em Jardim Balneário Ana Clara, em Duque de Caxias, com patrocínio da Braskem, e já beneficiou mais de 700 crianças e jovens da Baixada Fluminense. Na região, o projeto conta ainda com uma ação que une música e sustentabilidade.

"A apresentação da Orquestra Virtual nos oferece a oportunidade de acompanhar o belíssimo trabalho do Som Eu, de forma segura, e reforça a importância de ficar em casa neste momento difícil para todos nós. Acreditamos no poder transformador da cultura e, por isso, estamos muito felizes em ver que o projeto está conseguindo ter continuidade mesmo em meio ao distanciamento social", afirma o gerente de Relações Institucionais da Braskem, Flávio Chantre.

A Orquestra Tubônica reúne pequenos músicos que se apresentam com instrumentos feitos a partir de materiais que seriam descartados. São flautas de tubos de PVC, instrumentos de percussão feitos de tambores e galões plásticos, violinos produzidos com tubos de PVC, espumas, além de instrumentos de sopros feitos com garrafas de água e o chinelofone, onde tubos e chinelos emitem sons e geram música.

O serviço é gratuito, desde a matrícula, aulas, até o empréstimo dos instrumentos. O objetivo do projeto é promover, por meio de uma ação sustentável e inovadora, a melhoria da qualidade de vida dos jovens atendidos, tirando-os, muitas vezes, de situação de vulnerabilidade social. Os responsáveis pelas crianças também são envolvidos no projeto e participam das atividades em conjunto.

Galeria de Fotos

Projeto promove encontros à distância durante o isolamento social, causado pela covid-19 reprodução
iniciativa foi criada para promover encontros à distância entre alunos e professores durante o período de isolamento social Divulgação/Som+Eu
Projeto já beneficiou mais de 700 crianças e jovens da Baixada Fluminense Divulgação/Som+Eu

Comentários