Teresópolis recebeu o 35º Polo Cederj, que fica na UERJ, no bairro VárzeaDivulgação/ DTur UERJ

Por O Dia
Previsto para encerrar nesta quinta-feira (10/06), o prazo de inscrição para o Vestibular Cederj 2021.2, visando o preenchimento de vagas para o 2º semestre deste ano, foi prorrogado até o próximo domingo (13/06). No Polo de Teresópolis, que fica na Avenida Lúcio Meira, 233, no bairro Várzea, a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) ofertará 30 vagas para o curso de Pedagogia e 30 para o de Geografia. A prova está prevista para ser realizada no dia 11 de julho.
Os candidatos devem seguir as instruções contidas na página do concurso. Em caso de dúvida, a pessoa deve enviar um e-mail para [email protected] Os cursos ofertados são semipresenciais e utilizam ferramentas de estudo e interação, tais como: material didático próprio, especialmente preparado para educação à distância, impressos, videoaulas e recursos multimeios; sistema de apoio à aprendizagem, baseado em duas formas de tutoria: a tutoria presencial, que ocorre no polo regional mais próximo do aluno, e a tutoria à distância, que conta com mediadores presentes nas salas de tutoria das universidades, aos quais o estudante tem acesso por meio da plataforma Cederj.

Polo Cederj em Teresópolis

Inaugurado no dia 11 de fevereiro, no campus da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), na Várzea, o Polo Integrado Cederj Teresópolis é a 35ª unidade do Estado. A instalação do Polo Cederj, assim como a permanência da UERJ no município, são frutos da política de estímulo ao Ensino Superior desenvolvida pela Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia. A intenção é aumentar a oferta dos cursos de graduação gradativamente, para que quem mora em Teresópolis não precise deixar a cidade para cursar uma universidade pública.

Administrado pela Fundação Cecierj (Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, o Cederj é mantido através de recursos do Governo do Estado do Rio de Janeiro e do Governo Federal, por meio da Capes e da UAB. Parte desses recursos também é gerada em cooperação com a Prefeitura de Teresópolis.
Você pode gostar
Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor.