Ações sociais do programa ‘Cidade Solidária’ visam diminuir o impacto das restrições sociais por conta do combate ao coronavírus - Divulgação
Ações sociais do programa ‘Cidade Solidária’ visam diminuir o impacto das restrições sociais por conta do combate ao coronavírusDivulgação
Por O Dia
Volta Redonda - Ações de solidariedade seguem em Volta Redonda. Nesta quinta-feira, dia 09, uma rede de supermercados e atacadistas da cidade realizaram a doação de 560 cestas básicas para serem distribuídas paras as famílias carentes do município, através do programa ‘Cidade Solidária’.

As ações sociais visam diminuir o impacto das restrições sociais por conta do combate ao coronavírus. A Secretaria de Ação Comunitária (Smac) está responsável por receber as cestas, cadastrar as famílias e redistribuir as doações.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, destacou a importância desse pacote de medidas para o assistencialismo na cidade.

“Diante das restrições sociais por conta do combate à Covid-19, acabamos por nos deparar com um grande problema social que é a fome em todo o país. Com essas medidas, temos como objetivo principal atender a demanda dessas famílias e estabelecer também uma rede de solidariedade, tanto do poder público quanto das entidades, diminuindo o impacto social que a restrição está acarretando”, esclareceu.

Além disso, outras 15 mil cestas básicas também serão doadas. As famílias interessadas devem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac), através dos telefones (24) 3339-9570 ou 3339-9571.
De acordo com o Secretário Municipal de Ação Comunitária (Smac), Ailton Carvalho, esse perfil solidário faz toda a diferença neste momento difícil.

“Nesse momento crítico para a humanidade, temos que pensar nas pessoas que mais precisam e é isso que estamos fazendo. O incentivo de empresas, grupos e pessoas pra colaborar com doações de cestas básicas se torna urgente, para que possamos alimentar as famílias nesse momento. Estamos todos empenhados nisso, já que tem sido uma grande preocupação do prefeito. Acreditamos que todos podem ajudar”, contou o secretário.
Publicidade
O prefeito Samuca Silva destacou também a importância da triagem que a Smac está realizando para redistribuir as doações.

“Através do telefone será realizada uma entrevista pelos técnicos da Smac para analisar a necessidade. Após a triagem, as cestas serão entregues nas casas. As empresas também poderão participar com doações que poderão ser abatidas no IPTU e ISSS’’, destacou o prefeito.
As empresas interessadas em colaborar com as ações da prefeitura podem realizar as doações através de uma conta da Secretaria de Saúde (SMS), no Banco do Brasil: Agencia 0262 e Conta 93944-7.