As fiscalizações nos transportes coletivos de Volta Redonda continuam para verificar o cumprimento das regras restritivas no combate ao coronavírus - Divulgação
As fiscalizações nos transportes coletivos de Volta Redonda continuam para verificar o cumprimento das regras restritivas no combate ao coronavírusDivulgação
Por O Dia
Volta Redonda - Nesta quinta-feira, dia 09, as fiscalizações nos transportes coletivos do município de Volta Redonda continuaram. A inspeção aconteceu no bairro Aterrado e verificou o cumprimento do Decreto Municipal, que determina que circulem apenas passageiros sentados nos veículos, com espaçamento de um banco e o cumprimento dos horários.

Foram parados 26 ônibus, sendo que um foi autuado por não cumprir as regras de higienização. O prefeito Samuca Silva, frisou a importância de seguir as determinações.

“Os casos confirmados na cidade estão aumentando e nós precisamos levar a sério as regras. Quem puder, fique em casa. Quem tem que sair para trabalhar, se previna. Estamos fazendo o máximo para proteger toda cidade”, disse o prefeito.

Desde o dia 23 de março, a Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana (STMU), em conjunto com a Guarda Municipal, a Vigilância Sanitária e a Secretaria Municipal de Fazenda (SMF), inspecionaram 148 veículos, sendo 36 autuados por descumprirem algumas das regras de combate ao novo vírus.

O prefeito Samuca Silva reforça também a importância da população denunciar qualquer irregularidade através do aplicativo Fiscaliza VR ou pela CAU, no 156.

“Estamos tomando todas as medidas para proteger nossa cidade dessa e precisamos da ajuda de todos. Temos canais oficiais para que a população seja ativa no dia a dia da prefeitura e denuncie, como o Fiscaliza VR e a CAU”, frisou.