Equipes da força-tarefa realizam fiscalizações em Volta Redonda

Ações acontecem em toda cidade de forma ininterrupta

Por O Dia

Semana começa com fiscalização em Volta Redonda no combate ao coronavírus
Semana começa com fiscalização em Volta Redonda no combate ao coronavírus -
Volta Redonda - Verificar o cumprimento dos Decretos Municipais 16.082/20, 16.146/20 e 16.215/20, que estabelecem o fechamento das atividades econômicas não essenciais por sete dias, em Volta Redonda é o objetivo da Secretaria Municipal de Fazenda.

Os estabelecimentos fiscalizados são denunciados pela população através do telefone 156. Nessa segunda-feira, dia 29, a fiscalização aconteceu no bairro Niterói, em uma loja de móveis, um lava rápido e outra de ar condicionado; no Conforto a denúncia era que uma loja de conveniência estaria funcionando com superlotação de clientes sentados às mesas.

No Santo Agostinho, a fiscalização foi em loja de doces, de móveis e uma academia que, de acordo com denúncia, estavam em funcionamento; Já no Retiro a fiscalização foi realizada em uma loja de departamento e outra de cosméticos, ambas funcionando em meia porta aberta.

De acordo com os fiscais, algumas denúncias eram improcedentes, e então eles orientaram os comerciantes e fecharam os estabelecimentos que estavam abertos. Além das denúncias, os fiscais realizaram uma ronda nos bairros Niterói, Retiro, Vila Mury, Santos Agostinho, Volta Grande, Voldac e São Luiz.

Com a fiscalização foi verificado que alguns estabelecimentos estão descumprindo os termos dos Decretos 16.125/20 e 16.082/20. Todos foram orientados e comunicados das penalidades em caso de reincidência.

O prefeito Samuca Silva destaca que o fechamento de atividades comerciais, com permissão apenas para serviços essenciais, tem como objetivo salvar vidas.

“Nosso objetivo é manter a capacidade de atendimento no sistema público de saúde diante dessa pandemia da covid-19. É preciso que todos se conscientizem e só saiam de casa quando for necessário, que usem máscaras e respeitem o distanciamento entre as pessoas”, disse o prefeito.

Comentários