Consultas médicas são retomadas em Volta Redonda

Prefeitura disponibilizou atendimento em nove especialidades. Agendamentos já podem ser feitos

Por O Dia

Volta Redonda retoma consultas com especialistas no Centro Municipal de Saúde, antigo Santa Margarida
Volta Redonda retoma consultas com especialistas no Centro Municipal de Saúde, antigo Santa Margarida -
A prefeitura retomou no último dia 13 a oferta de consultas para nove especialidades médicas. O atendimento com hora marcada já pode ser feito no Centro Municipal de Saúde (antigo Santa Margarida), no bairro Niterói, que passou a sediar o serviço ambulatorial especializado da Policlínica da Cidadania Bernardino de Souza - oferecido no Estádio Raulino de Oliveira -, e do Hospital São João Batista. As consultas foram interrompidas no final de março, devido à pandemia. O prefeito Samuca Silva conferiu de perto o primeiro dia de atendimento na unidade. Ele conversou com médicos e pacientes e também visitou as instalações da nova sede da Secretaria Municipal de Saúde, que passou a funcionar no local. “Estamos retomando a oferta de consultas com especialistas gradativamente. A princípio serão quase 650 atendimentos por semana. O número limitado de pacientes faz parte das medidas de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus”, disse o prefeito, lembrando que o local passou por sanitização.

Aresia da Silva se consultou com um pneumologista e se sentiu confiante: “É bom voltar ao médico e me sentir segura com o esquema de segurança contra a covid-19”. As consultas de primeira vez serão agendadas pelo Sisreg, conforme a gravidade. Outras demandas serão acolhidas pelas unidades da Atenção Básica, que vão direcionar os casos para avaliação dos especialistas.

Secretária de Saúde, Flávia Lipke, explicou que a fusão do atendimento especializado à população no Centro Municipal de Saúde foi necessária, pois o Hospital de Campanha para a covid-19 funciona no mesmo local da policlínica. “Não podemos oferecer riscos aos pacientes”, disse, lembrando que, também para evitar o contágio pelo novo coronavírus, serão ofertadas 14 consultas para cada especialidade por dia, com intervalo de 30 minutos, no primeiro andar da unidade, entre 7h e 17h, de segunda à sexta-feira. Vale ressaltar que a regulação para cardiologia, endocrinologia, gastroenterologia, neurologia, pneumologia, reumatologia, ortopedia, urologia e dermatologia obedece aos critérios de gravidade.

Comentários