Volta Redonda tem novo secretário de Segurança Pública

A partir da próxima segunda-feira, dia 3, quem assume o comando da secretaria é o coronel da Polícia Militar, Friederick Bassani

Por O Dia

Volta Redonda tem novo secretário de Segurança Pública
Volta Redonda tem novo secretário de Segurança Pública -
Volta Redonda - Volta Redonda agora tem um novo secretário de Segurança Pública. A partir da próxima segunda-feira, dia 3, quem assume o comando da secretaria é o coronel da Polícia Militar, Friederick Bassan. O cargo era coordenado pelo coronel Antônio Goulart que deixa a função para assumir um novo desafio no Rio de Janeiro. Ele estava à frente da Sesp desde sua criação e contribuiu para a estruturação da secretaria.

Desde sua implantação em maio de 2019, a Secretaria Extraordinária de Segurança Pública (Sesp) de Volta Redonda tem contribuído para a redução dos índices de criminalidade no município. O trabalho de promover e ampliar a integração entre as forças de segurança tem dado resultados positivos, conforme apontam números do Instituto de Segurança Pública (ISP) do Rio de Janeiro.

“Essa redução é um resultado do esforço conjunto dos órgãos de execução e da Sesp, como elemento capaz de otimizar ainda mais a integração dessas forças”, afirmou o coronel PM Antônio Goulart, que apresentou os resultados alcançados até o momento.

A Sesp foi criada em maio de 2019 e, comparando o período de maio a dezembro de 2018 e o mesmo período de 2019 (após a criação da Sesp), os índices reduziram em 26% no roubo a transeunte; 42% em roubo e 40% em furto de veículos; roubo de cargas caiu 20%; e o número de homicídios foi 14% menor.
O prefeito Samuca Silva ressaltou a importância da Sesp na integração, visando melhorar cada vez mais a sensação de segurança em Volta Redonda.
“Nosso objetivo está sendo alcançado, os índices de criminalidade estão reduzindo em nossa cidade e é fundamental esse reforço da Sesp para integrar cada vez mais as forças de segurança”.
Por conta da pandemia, a Secretaria Extraordinária de Segurança Púbica (Sesp) ampliou seu trabalho com a integração na força-tarefa em Volta Redonda. E, com a troca de comando da pasta, o desafio é a queda dos índices de criminalidade no município, além do importante papel na fiscalização dos decretos de combate a pandemia do novo coronavírus.
Além disso, a Secretaria Extraordinária de Segurança Pública vem investindo em melhorias e ações continuadas para garantir resultados positivos. Dentre as conquistas, está a otimização do programa Cerca Inteligente, que monitora a entrada e saída de veículos em Volta Redonda.
A secretaria obteve recentemente autorização para acesso/integração do Centro Integrado de Segurança Pública (Ciosp) à base nacional de veículos roubados/furtados, após contato com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, em Brasília.
Por meio de uma solicitação ao 5º Comando de Policiamento de Área (CPA), também foi realizada a integração entre as Salas de Operações dos 28º, 10º, 33º e 37º BPMs (Batalhões de Polícia Militar). Outra importante realização foi a continuidade e implementação do Projeto “Rede de Vizinhos” nos bairros Jardim Normândia, Jardim Provence, Santa Helena, Vale da Colina, Morada da Colina, Jardim Amália, Jardim Europa, Vista Verde e Santa Cecília.
O projeto complementa o Programa “SESP nos bairros”, que foi retomado e já esteve nos bairros Caieiras, Vila Rica- Tiradentes, São Cristóvão, Vista Verde, Água Limpa, Volta Grande III e São Luiz, mas, em função da pandemia, teve suas atividades temporariamente suspensas.
De acordo com o coronel Friederick Bassani, que assume a pasta na próxima segunda, a expectativa é prosseguir com o trabalho já implementado.
“Nós vamos dar continuidade aos projetos que estão em andamento e focar nas políticas que melhorem a qualidade de vida do cidadão. Além de fortalecer os trabalhos interagências”, contou.
Entre eles, está o Programa Especial de Integração na Segurança Pública (Proeis), que visa reforçar a segurança do município e já foi implementado em Volta Redonda. O Proeis possibilita que a prefeitura contrate policiais militares de folga para serem empregados conforme seu planejamento/necessidade.
Também de acordo com as informações da Sesp, outros projetos estão em andamento, como a construção de uma Delegacia de Homicídios de Volta Redonda, no bairro Retiro, após tratativas com representantes da Polícia Civil; e a construção futura de uma companhia do Batalhão de Ações com Cães da Polícia Militar no município, a qual já foi feita interlocução para a doação de terreno no bairro Roma.
A relação de projetos contempla ainda: a transferência da 5ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (5ª DPJM) de Barra do Piraí para Volta Redonda; e uma parceria, com assinatura de um Termo de Cooperação entre o município de Volta Redonda e o Disque Denúncia do Rio de Janeiro, para ajudar nos flagrantes à criminalidade.

Comentários